Mercado fechado

Xiaomi registra patente de celular dobrável inovador com câmera giratória

Rubens Eishima

Apesar da relativa calmaria após o lançamento dos Razr 2019, Galaxy Z Flip e Huawei Mate Xs, os fabricantes não parecem ter abandonado o segmento de celulares com telas dobráveis. A Xiaomi registrou recentemente um design no mínimo original, em que o conjunto de câmera pode ser rotacionado em 180 graus.

As ilustrações da patente, revelada pelo site holandês Let’s Go Digital, mostram um aparelho compacto, semelhante ao novo Razr e ao Z Flip. Diferentemente dos dois, porém, o aparelho da Xiaomi tem uma parte mais espessa acima da tela (assim como o Razr 2019 tem na parte inferior), onde ficam as câmeras de selfie e traseira.

O espaço onde estão instaladas as câmeras pode ser rotacionado, permitindo usar a câmera principal para tirar selfies. Curiosamente, a rotação do módulo dispensaria uma câmera dedicada para selfies, que foi mantida na patente.

Outro detalhe do documento é que ele não indica o uso de uma tela externa para o aparelho, o que permitiria tirar fotos mesmo com o celular fechado.

Espaço ocupado pela câmera não é obstruído ao fechar a tela (imagem: Let's Go Digital/reprodução)

A dobradiça mostrada nas ilustrações lembra a usada no Galaxy Z Flip, que fica discretamente escondida com a tela aberta. Pelas imagens, não é possível saber o grau de proteção contra poeira no aparelho, um problema potencial para telas dobráveis.

Como sempre acontece com patentes, não há garantias de que a Xiaomi lançará um modelo semelhante. O Let´s Go Digital acredita que o celular possa ser lançado no segundo semestre, período em que devem sair novos modelos da Samsung e da Huawei.

Conjunto de câmeras pode ser rotacionado de acordo com o uso (imagem: Let's Go Digital/reprodução)


Fonte: Canaltech