Mercado fechado

Xiaomi promete que Mi Mix Alpha começará a ser vendido “logo”

Rafael Arbulu

Lembra-se do Mi Mix Alpha, da Xiaomi? O aparelho de design exclusivo, com um display que envolve quase todo o corpo do smartphone? Pois é: a Xiaomi lembra. Tanto que foi à rede social chinesa Weibo para lembrar a todos que o smartphone deve começar a ser vendido logo – mas ainda sem se comprometer com um data exata.

O Mi Mix Alpha tem como principal atrativo o seu display avantajado de 7,92 polegadas, ajustado de forma a “envelopar” o smartphone pela frente e por trás, conferindo-lhe impressionantes 180,6% de proporção tela/corpo. Originalmente anunciado em setembro de 2019, o formato do smartphone traz seu principal impacto na navegação da interface: ícones de status, como percentual de bateria e nível de serviço de operadora ou conexão Wi-Fi, estão alinhados nas laterais do display, e botões sensíveis à pressão estão dispostos na mesma região.

Em novo teaser, Xiaomi promete que smartphone conceitural Mi Mix Alpha deve chegar ao varejo chinês "logo", sem se comprometer com uma data (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A câmera em si também traz um tamanho incomum em relação a outros smartphones, sendo consideravelmente maior e, consequentemente, muito mais sensível à luz: o Mi Mix Alpha conta com o sensor ISOCELL da Samsung, com 108 megapixels e abertura de 1/1.33 polegada, o que deve empolgar alguns entusiastas da fotografia móvel.

As especificações técnicas também não ficam atrás, com o aparelho trazendo processador Snapdragon 855+ da Qualcomm, 12 GB de memória RAM e armazenamento interno de 512 GB. A bateria, estranhamente, não é lá grande coisa, com 4.050 mAh, embora alguns smartphones menores tragam capacidade maior. Ainda que a tecnologia de recarga rápida da Xiaomi esteja presente aqui (40W de potência, assim como o Mi 9 Pro), essa parte é a que deve se mostrar um desafio: um display desse tamanho acionado, ainda que em partes, o tempo todo, deve consumir uma boa parcela da carga. O Mi Mix Alpha também conta com suporte à conexão 5G, o que vem se tornando mais e mais costumeiro nos recentes lançamentos da indústria.

O Mi Mix Alpha possui mais de 180% de proporção do display em relação ao corpo, com a tela envolvendo o aparelho pela frente e por trás (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A dúvida que fica é: haverá mercado para um projeto desse tipo? Sua abordagem é claramente conceitual, então é seguro dizer que apenas os mais entusiasmados e colecionadores do mercado mobile é quem devem compor a maior parte de seu público. Isso também se traduz no preço: o Mi Mix Alpha da Xiaomi não sairá da prateleira por menos de 19.999 yuan, o que dá pouco mais de US$ 2.800. Na cotação dólar-real de hoje, isso se traduz para R$ 11.383,68.

E aí, você passa isso no débito ou no crédito?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: