Mercado abrirá em 4 h 56 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,98
    +0,62 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.785,50
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    49.605,21
    -1.057,83 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.299,32
    -5,79 (-0,44%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.239,30
    +242,43 (+1,01%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.373,25
    -19,00 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2735
    -0,0006 (-0,01%)
     

Xiaomi poderá lançar celular com câmera pop-up que sobe em diagonal

·3 min de leitura

A Xiaomi teve mais uma patente aprovada por órgãos regulamentadores chineses. De acordo com a documentação, a marca poderá apresentar um celular com câmera pop-up que é revelada por meio de um módulo diagonal que pode partir tanto do lado direito quanto do esquerdo, erguendo-se do corpo do dispositivo na direção diagonal. A proposta é similar ao que foi usado pela Oppo no Reno e Reno 2, mas de forma mais elaborada para maior versatilidade.

Patente mostra câmera pop-up que sobe na diagonal (Imagem: cnBeta)
Patente mostra câmera pop-up que sobe na diagonal (Imagem: cnBeta)

A parte pública da patente não revela muitos detalhes do uso da tecnologia. Porém é possível perceber pelas imagens que o conjunto de câmeras ficará escondido no corpo do celular para aumentar o aproveitamento frontal por parte do display, "subindo" por meio de um mecanismo motorizado quando precisar ser usado — seja para autenticação facial ou selfies.

Caso confirmada a utilização das informações contidas na patente, não será a primeira vez que a marca chinesa adotaria um mecanismo pop-up para evitar a implementação de um furo ou entalhe na tela. Modelos como o Redmi K20 (Mi 9T), Redmi K20 Pro (Mi 9T Pro) ou Redmi K30 Pro (Poco F2 Pro) já adotavam as câmeras pop-up, mas no Redmi K40 Pro a companhia voltou atrás e utilizou um pequeno círculo centralizado para acomodar a lente destinada para as selfies.

A tecnologia implementada na patente passa por um período de declínio, como o próprio diretor da Redmi Lu Weibing já afirmou em entrevistas anteriores. Segundo ele, as companhias precisaram focar o capital de desenvolvimento para os celulares com 5G, que apresentam uma quantidade (e complexidade) maior de componentes. Além disso, outras questões estruturais afetam a colocação de câmeras pop-up, como a qualidade da dissipação de calor na placa-mãe e a complexidade para conseguir certificações de resistência contra danos por água e poeira.

Redmi K30 Pro é um dos aparelhos que foram lançados com câmera pop-up (Imagem: Divulgação/Redmi)
Redmi K30 Pro é um dos aparelhos que foram lançados com câmera pop-up (Imagem: Divulgação/Redmi)

A tecnologia poderá fazer seu retorno em algum dos próximos celulares da Xiaomi, já que a marca estaria trabalhando para aumentar a velocidade de funcionamento do sistema pop-up. Ainda assim, não se sabe que isso será dentro da linha Redmi K como em gerações anteriores, e nem se acontecerá já em 2022, pois o registro de patentes por si só não garante que um produto comercial com a tecnologia será lançado em um futuro próximo — ou mesmo que será lançado.

Enquanto isso não acontece, o Xiaomi 12 deverá ser apresentado de forma oficial no mês de dezembro, e alguns rumores apontam para a implementação de uma câmera escondida abaixo do display, pelo menos na versão Ultra. Entretanto, ainda não existem informações concretas em relação às outras variantes que serão disponibilizadas pela marca chinesa.

Outros detalhes rumorados em relação às câmeras do Xiaomi 12 Ultra incluem a utilização de um conjunto triplo na traseira, com lentes que trazem a conhecida marca da Leica. Ele poderá ter sensor principal Samsung GN5 de 50 MP, em conjunto com mais dois sensores de 50 MP para as câmeras ultrawide e telefoto, e suporte para zoom óptico de 5x, ou possivelmente até 10x. Mesmo com uma previsão de lançamento tão próxima, a Xiaomi ainda não especificou uma data para apresentar seus novos topos de linha ao mundo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos