Mercado abrirá em 7 h 10 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.841,60
    -1,00 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    38.774,19
    -3.137,25 (-7,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    916,11
    -79,15 (-7,95%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.766,26
    -186,09 (-0,75%)
     
  • NIKKEI

    27.385,66
    -387,27 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.664,50
    -176,50 (-1,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1362
    +0,0061 (+0,10%)
     

Xiaomi poderá apresentar celular dobrável compacto com tela secundária

·2 min de leitura

Depois de a Huawei apresentar o P50 Pocket e a Honor publicar teasers de seu novo dispositivo dobrável Magic V, a Xiaomi poderá apresentar mais um concorrente para o mercado dos celulares flexíveis em breve. Patentes registradas em um órgão regulador chinês revelam como deverá ser o visual do novo smartphone, que pelo visto chegará para competir com o Galaxy Z Flip 3 ou com seu sucessor.

De acordo com a documentação, o aparelho teria uma construção bastante similar ao mais recente celular em formato de concha da Samsung, com dobradura no eixo horizontal e formato que se torna mais compacto que um celular não dobrável quando fechado. O módulo de câmeras abriga duas lentes, um flash alongado e uma tela adicional mais à direita — esse display deverá mostrar notificações, hora, data, além de permitir a realização de algumas tarefas simples sem a necessidade de abrir o dispositivo, como tirar selfies.

Caso a Xiaomi realmente coloque essa tela adicional, ela poderá ser parecida com a presente na parte traseira do Mi 11 Ultra , mas com menos de 1 polegada e resolução mais baixa em comparação com o display primário. Na seção frontal, as imagens da patente mostram um painel com bordas relativamente grossas e um furo em formato de pílula no canto superior esquerdo, indicando que o dispositivo poderá trazer mais de um sensor para selfies e chamadas de vídeo.

Tela secundária poderá servir para exibição de informações simples (Imagem: LetsGoDigital)
Tela secundária poderá servir para exibição de informações simples (Imagem: LetsGoDigital)

A Xiaomi não confirmou a existência do dispositivo, e também não são conhecidos detalhes sobre as especificações deste modelo. Caso ele realmente chegue para concorrer com o Galaxy Z Flip 3, é possível que ele venha com um processador topo de linha, em conjunto com pelo menos 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno disponível — outra possibilidade é a marca apresentar uma opção mais barata e com especificações mais intermediárias, mas até o momento as características não passam de especulação.

A publicação de patentes não significa necessariamente que o dispositivo representado será lançado em algum momento, já que ele ainda precisa passar por diversas avaliações de viabilidade estrutural e comercial, entre outros testes. Porém, a documentação serve para reforçar as intenções da Xiaomi em entrar na concorrência dos dobráveis compactos, um mercado que pode crescer bastante em 2022, de acordo com diversos analistas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos