Mercado fechado

Xiaomi pode lançar Mi 11 ainda em 2020 para evitar ser ofuscada pelo Galaxy S21

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

O Mi 11 pode chegar um pouco antes do que a gente esperava, ao menos de acordo com o vazador Digital Chat Station. Segundo ele, há uma boa chance de o topo de linha da Xiaomi ser lançado ainda em 2020, chegando às lojas antes mesmo do Galaxy S21, aguardado para meados de janeiro.

O informante chinês publicou uma foto com dois celulares e a legenda “vejo vocês no final do ano”. São possivelmente dois modelos da linha Mi 11, o básico e o Pro, sendo que o primeiro traz tela totalmente plana, enquanto o segundo tem laterais curvadas. Uma breve mudança em relação aos celulares da linha Mi 10, ambos com as laterais em “cachoeira”. Outra alteração é o local da câmera frontal, que passa a ser centralizada, em vez de ficar no canto superor esquerdo da tela.

Apesar de já ter muita gente acreditando na antecipação da série Mi 11, é bom lembrar que o Mi 10 foi “anunciado” junto ao Snapdragon 865 no ano passado, durante a Snapdragon Tech Summit, realizada no início de dezembro. A nova geração da plataforma topo de linha da Qualcomm é esperada para o final de 2020, e a possibilidade de a Xiaomi aproveitar para falar sobre seus novos flagships é grande.

A ideia da Xiaomi de lançar os novos topo de linha ainda em dezembro seria evitar que a Samsung ofusque o flagship chinês com o Galaxy S21 em janeiro. Aí voltamos ao perfil Digital Chat Station, com uma segunda postagem em que diz, basicamente, que a Xiaomi será a primeira fabricante a lançar um celular com o Snapdragon 875 na China. Mas, até aí, ela já foi a primeira a usar o Snapdragon 865 este ano.

É certo que podemos esperar mais vazamentos da série Mi 11 nos próximos dias. Por hora, vimos que ele pode ter câmera ultra-wide de 48 MP, enquanto a possibilidade de ter câmera sob o display parece estar descartada, de acordo com a foto do informante Digital Chat Station. Fique de olho aqui no Canaltech pois traremos todas as informações assim que elas chegarem.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: