Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.742,50
    -1.483,41 (-3,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Xiaomi pode lançar celular com câmera sob a tela ainda em 2021

·2 minuto de leitura

A Xiaomi já pode estar com planos de lançar um novo celular flagship. De acordo com os rumores que começaram a circular sobre o assunto, este dispositivo deve se posicionar como uma oferta ainda melhor em especificações do que o atual carro-chefe da marca, o Mi 11 Ultra.

Segundo os relatos que foram publicados na rede social Weibo pelo confiável leaker Digital Chat Station, o smartphone já está em desenvolvimento pela fabricante chinesa e é identificado internamente pelo número de modelo M2106118C, e já foram reveladas algumas supostas especificações dele.

A começar pelo seu chipset, o rumor aponta que ele contará com o “mais recente processador flagship Snapdragon”, o que, atualmente, se refere ao Snapdragon 888 — a mesma plataforma móvel com a qual é equipada o próprio Mi 11 Ultra e outros modelos da série.

Além disso, o conjunto de câmeras do dispositivo também deve receber algumas melhorias, mas, o maior destaque vai para o sensor frontal que, de acordo com o rumor, será embutido abaixo do display — uma característica que faltou nos últimos topos de linha da marca e até no Mi Mix Fold, primeiro dobrável da Xiaomi.

Outro recurso interessante que pode chegar neste novo celular da Xiaomi é o suporte para a tecnologia UWB — sigla para Ultra Wideband, ou Banda Ultralarga, em tradução). Com essa capacidade, o dispositivo será compatível com gadgets de localização, como os AirTags da Apple ou os Galaxy SmartTags, da Samsung.

Com esse suporte implementado, também é possível que logo a fabricante chinesa apresente seu próprio acessório para localização, a exemplo da Samsung e Apple.

Por fim, o rumor também fala sobre o suporte para carregamento rápido do celular, que poderá ser de 120W para o carregador com fio e 70W para o wireless.

Vale lembrar que a Xiaomi oficializou recentemente uma solução que entrega 200W no cabo e 120W para o carregamento sem fio, mas esse suporte deve chegar somente nas próximas gerações. Isso pode sugerir que este suposto celular em desenvolvimento não deve ser um sucessor da série Mi 11, mas sim do Mi 10T ou Mi 10T Pro.

Conceito do suposto Mi 12 com câmera sob o display

Conceito do Mi 12 (Imagem: Android Headlines)
Conceito do Mi 12 (Imagem: Android Headlines)

Fora esse vazamento, um designer fez um conceito do que pode vir a ser o sucessor do Mi 11. Este suposto “Mi 12” também contaria com uma câmera frontal inserida sob o display, enquanto o conjunto traseiro lembra bastante o Xiaomi Mi 11 e Mi 11 Pro.

É importante frisar, porém, que essa renderização não foi feita com base em nenhum vazamento e não indica que a Xiaomi já trabalha neste celular. No entanto, é interessante para ver como o smartphone poderá parecer.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: