Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.779,20
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    32.333,12
    +479,65 (+1,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    767,68
    -26,65 (-3,36%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.274,00
    +15,75 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9198
    0,0000 (0,00%)
     

Xiaomi pode estar preparando sucessor do Mi Mix Fold com câmera sob a tela

·3 minuto de leitura

A Xiaomi entrou neste ano para o grupo de fabricantes que está apostando em smartphones dobráveis com o lançamento do Mi Mix Fold. Resgatando a aclamada linha premium Mi Mix, a gigante chinesa trouxe ao segmento a solução mais barata no formato de tablet, estreando ainda tecnologias como a lente líquida, capaz de modificar sua distância focal, e o mais novo chip proprietário da companhia.

O preço mais baixo se refletiu em alguns aspectos do telefone, como o uso de um painel com taxa de atualização de apenas 60 Hz no display interno, contra 90 Hz da concorrência. Ao que parece, a Xiaomi está empenhado em corrigir essas falhas e trazer melhorias no próximo lançamento da família, conforme indicam informações divulgadas pelos leakers Digital Chat Station e Xiaomiui.

Próximo dobrável da Xiaomi estreia câmera sob o display

De acordo com os rumores, o próximo dobrável da Xiaomi atende pelo número de modelo J18S, mas ainda não está claro se este é um sucessor do Mi Mix Fold, ou um aparelho completamente novo. Caso se trate da próxima geração do dobrável recém-anunciado, a novidade deve ser lançada apenas em 2022. Do contrário, o dispositivo pode ser revelado ainda neste ano, como o segundo dos três dobráveis da Xiaomi especulados para estrear em 2021.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As informações apontam ainda que o telefone será identificado pelo codinome "Argo", trazendo novidades bem-vindas em comparação ao Mi Mix Fold. A mudança de maior destaque seria a adoção de uma câmera frontal sob o display, cuja solução da Xiaomi já está na terceira geração. A empresa garante que o componente se camuflará perfeitamente com a tela, entregando qualidade de imagem equivalente a lentes tradicionais.

No mais, o novo dobrável da gigante chinesa empregaria chip Snapdragon ainda desconhecido, telas com taxa de atualização de 90 Hz, e traria de volta o conjunto de câmeras com sensor principal de 108 MP e lente secundária líquida, sendo capaz de se adaptar para atuar como telefoto ou macro. Fechando o conjunto, haveria ainda gravação de vídeos em 8K e câmera lenta em 120 FPS.

Mi Mix Fold se destaca pelo preço "acessível"

O Xiaomi Mi Mix Fold não é perfeito, deixando a desejar em aspectos como a já citada taxa de atualização do painel interno, mas oferece um pacote de especificações sólidas, especialmente considerando o preço.

Além de chipset Snapdragon 888 e até 16 GB de RAM, o celular dobrável traz câmera tripla de 108 MP, quad speakers com áudio Harman Kardonm bateria de 5.020 mAh com carregamento rápido de 67 W e sistema de resfriamento "borboleta", que utiliza as duas metades do celular para resfriar os componentes.

Apesar do preço elevado, o Mi Mix Fold é o dobrável no formato de tablet mais barato do mercado (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Apesar do preço elevado, o Mi Mix Fold é o dobrável no formato de tablet mais barato do mercado (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O dispositivo não é exatamente barato, trazendo preços a partir de 9.999 yuan, cerca de US$ 1.560 ou R$ 8.290, em conversão direta. Ainda assim, o valor é significativamente mais baixo que o de rivais, que chegam a assustadores 17,999 yuan, algo em torno de US$ 2.800 ou R$ 14.915.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos