Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.539,44
    +2.128,94 (+4,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Xiaomi Mix 5 poderá recarregar totalmente em míseros 8 minutos

·2 min de leitura

A Xiaomi já detém uma das maiores potências de carregamentos em smartphones com a atual tecnologia de 120 W. Presente em modelos como o recém-lançado Redmi Note 11 Pro Plus — que permite recarregar toda sua bateria em apenas 15 minutos —, a empresa já prepara velocidades recordes para a linha Xiaomi 12, mas parece querer se superar ainda mais com futuro Xiaomi Mix 5.

Segundo informações do vazador Digital Chat Station, o Mix 5 deverá quebrar o recorde do Xiaomi 12 e oferecer recarga surpreendentemente rápida, levando a bateria de 0% a 100% em apenas 8 minutos.

Mix 4 oferece capacidade de carregamento de 120 W que recarrega em 15 minutos (Imagem: Reprodução/Xiaomi)
Mix 4 oferece capacidade de carregamento de 120 W que recarrega em 15 minutos (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

O vazador não revelou detalhes a respeito da potência do carregamento rápido, mas é provável que vejamos uma tecnologia superior aos 150W, podendo chegar a aproximadamente 200W.

Os rumores a respeito da linha Xiaomi 12 apontam que o atual recorde de 120 W da marca será quebrado com o intuito da empresa se destacar nesse quesito em relação a concorrentes chinesas como Realme e Oppo, uma vez que Samsung e Apple se mantêm seguras com recargas de até 45 W e 20 W, respectivamente.

Sucessor do Xiaomi Mix 4 pode adotar nova geração de câmera sob a tela com qualidade muito superior (Imagem: Reprodução/Xiaomi)
Sucessor do Xiaomi Mix 4 pode adotar nova geração de câmera sob a tela com qualidade muito superior (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

A linha Mix da Xiaomi começou com planos de inovar o mercado de smartphones, oferecendo design excêntrico, diferente e que iria moldar o futuro do segmento. Mas isso não aconteceu com o lançamento das sequências.

O Mi Mix Alpha tinha previsão de lançamento global, mas o baixíssimo interesse e preço equivalente a mais de R$ 11 mil forçou um adiamento indeterminado até ser finalmente cancelado.

Preço alto e elevado custo de fabricação fizeram Xiaomi cancelar Mi Mix Alpha (Imagem: Reprodução/Xiaomi)
Preço alto e elevado custo de fabricação fizeram Xiaomi cancelar Mi Mix Alpha (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Com o Mix 5, a Xiaomi deve continuar oferecendo um design mais tradicional, mas apostando em altos números para quebrar recordes e chamar atenção do público, além de aprimorar a tecnologia de câmera sob a tela estreada pela marca no Mix 4.

O modelo tem previsão de lançamento em meados de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos