Mercado fechado

Xiaomi Mi 11 Pro pode reacender a corrida dos megapixels com novo recorde

Rubens Eishima
·3 minuto de leitura

A Xiaomi estaria se preparando para dar o próximo salto na resolução de câmeras de celular, pelo menos é o que indica um conhecido informante chinês do mercado de celulares. Segundo o perfil Digital Chat Station, a fabricante deve equipar o Mi 11 Pro com um sensor principal de 192 megapixels.

As câmeras de celular parecem seguir saltos periódicos de avanços na resolução, ficaram algum tempo estagnados por volta de 13 a 16 megapixels, depois aceleraram para 48 ou 64 MP até o atual limite de 108 megapixels. A resolução pode ser encontrada em aparelhos como o Xiaomi Mi CC9 Pro, Samsung Galaxy S20 Ultra e o Xiaomi Mi 10 Pro, por exemplo.

Caso o perfil DCS esteja correto, o próximo topo de linha da Xiaomi deve contar com uma câmera principal de 192 megapixels. O sensor registra a luz captada por quatro pixels para gerar uma fotografia com resolução final de aproximadamente 48 megapixels. A técnica de combinação de pixels é bastante utilizada pela Samsung (fornecedora de sensores usados em diversos aparelhos da marca chinesa), que a chama de Tetracell.

Tradução do Google sugere fotos de 50 MP registradas por sensor de 192 MP (Imagem: reprodução/Twitter)
Tradução do Google sugere fotos de 50 MP registradas por sensor de 192 MP (Imagem: reprodução/Twitter)

O protótipo descrito pela publicação conta ainda com uma lente telefoto sobre um sensor que gera imagens de 12 MP. Neste ponto o perfil não deixou claro se a celular usa a mesma técnica de combinação 4-em-1 da câmera principal, o que deixa em aberto se o sensor possui 12 ou 48 megapixels.

O Digital Chat Station destacou ainda que esta configuração de câmeras se aplica apenas ao modelo avançado da linha, enquanto o Xiaomi Mi 11 básico pode contar com outro conjunto fotográfico.

Software também avança

E não é apenas no hardware que os chineses trabalham para melhorar a câmera de seus celulares. A disputa acirrada com a Huawei pelo título de melhor smartphone para fotos envolve ainda a MIUI, software de personalização da Xiaomi para o sistema Android.

MIUI 12 traz referências a novos recursos (Imagem: Digital Chat Station/Weibo)
MIUI 12 traz referências a novos recursos (Imagem: Digital Chat Station/Weibo)

Uma versão de testes da MIUI 12 inclui menções a novos recursos para a câmera, com títulos que sugerem ferramentas para processamento de vídeos com efeitos HDR, aumento de resolução (upscale) de imagens e vídeos e até melhoria de imagens com inteligência artificial.

Outro campo encontrado faz referência a um recurso MEMC (motion estimation / motion compensation) que suaviza a animação de vídeos adicionando quadros intermediários na gravação. O recurso é semelhante à interpolação de quadros aplicada por televisores, especialmente em conteúdos com taxa diferente do aparelho — o que muitas vezes causa o chamado “efeito novela”.

Todas as peças parecem se encaixar para um novo avanço em câmeras nesta virada de ano. Por sinal, o Mi CC9 Pro foi o primeiro smartphone com 108 megapixels, antes mesmo do Galaxy S20 Ultra — a Samsung fornece o sensor de alta definição usado no aparelho chinês. Será que a Xiaomi saltará na frente mais uma vez?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: