Mercado abrirá em 25 mins
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,36
    -1,30 (-1,57%)
     
  • OURO

    1.801,00
    +2,20 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    61.021,85
    +2.184,48 (+3,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.467,80
    -6,53 (-0,44%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.235,48
    -17,79 (-0,25%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.676,50
    +89,25 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4215
    -0,0032 (-0,05%)
     

Xiaomi Mi 11 Pro mostra qualidade e supera Galaxy S21 em teste de câmeras

·3 minuto de leitura

Durante a estreia global da família Mi 11, a Xiaomi anunciou entre os destaques o Mi 11 Pro, versão mais encorpada do modelo tradicional com boas novidades. Além de uma lente periscópio, o dispositivo trouxe bateria maior e carregamento com e sem fio mais veloz, de 67 W, enquanto manteve as configurações premium do Mi 11 padrão.

Curiosamente, ainda que seu antecessor tenha recebido uma versão global, o Mi 11 Pro é uma exclusividade do mercado chinês, o que não impediu os engenheiros do site DXOMARK de testar o desempenho de câmeras do aparelho. Com 128 pontos, a novidade empata com o iPhone 12 Pro no ranking do portal, superando nomes de peso como o Galaxy S21 e o Galaxy S20 Ultra.

Alto nível de detalhes, mas foco problemático

O Xiaomi Mi 11 Pro traz três câmeras traseiras, com sensor principal Samsung ISOCELL GN2 de 50 MP e estabilização óptica (OIS), ultrawide de 13 MP com campo de visão de 123° e telefoto periscópio de 8 MP com OIS e zoom óptico de 5x. Segundo o DXOMARK, o dispositivo se destaca pelo alto nível de detalhes, especialmente em cenários externos e vídeos, e bom controle de ruído na maioria das fotos.

Também são pontos positivos a exposição precisa com amplo alcance dinâmico, o balanço de branco geralmente preciso, o bom nível de detalhes e renderização agradável em capturas com a lente telefoto, a performance estável do modo retrato na maioria das condições de luz e estabilização efetiva em gravações.

Xiaomi Mi 11 Pro (Imagem: Reprodução/GSMArena)
Xiaomi Mi 11 Pro (Imagem: Reprodução/GSMArena)

Como pontos negativos, os especialistas apontaram o foco automático lento em capturas com HDR e em baixa luz, a instabilidade do foco em vídeos, a instabilidade do balanço de branco e da exposição em fotos, compressão visível de cores nas imagens com HDR, além de presença de artefatos de ghosting, hue shift e quantização de cores.

Outros problemas detectados incluem leve presença de ruído cromático, forte ruído em objetos em movimento durante gravações noturnas, presença de quantização de cores e efeito Moiré em vídeos, e diferenças de nitidez entre os quadros capturados em vídeos.

Exemplos de fotos

Segundo o DXOMARK, o Xiaomi Mi 11 Pro oferece cores agradáveis e excelente alcance dinâmico (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
Segundo o DXOMARK, o Xiaomi Mi 11 Pro oferece cores agradáveis e excelente alcance dinâmico (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O aparelho entrega boa exposição de objetos e HDR amplo mesmo em cenas mais desafiadoras (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O aparelho entrega boa exposição de objetos e HDR amplo mesmo em cenas mais desafiadoras (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
Ainda assim, há grande quantidade de artefatos, como a quantização de cores vista nesta captura logo acima do sofá, à direita (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
Ainda assim, há grande quantidade de artefatos, como a quantização de cores vista nesta captura logo acima do sofá, à direita (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O modo bokeh é consistente com borrão de fundo limpo, ainda que haja ruídos visíveis no objeto (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O modo bokeh é consistente com borrão de fundo limpo, ainda que haja ruídos visíveis no objeto (Imagem: Reprodução/DXOMARK)

Exemplos de vídeos

Xiaomi Mi 11 Pro: líder de câmeras da categoria

Segundo o DXOMARK, o Xiaomi Mi 11 Pro apresenta desempenho de câmeras líder do segmento, superando rivais como o Galaxy S21 e o OnePlus 9 Pro. Apesar de atingir a mesma pontuação do antecessor, o flagship da Xiaomi emprega melhorias marcantes em múltiplos departamentos, com aprimoramentos na exposição, menor presença de ruído e alcance dinâmico notavelmente mais amplo. Você confere a análise na íntegra neste link.

Xiaomi Mi 11 Pro: ficha técnica

  • Tela: AMOLED de 6,81 polegadas, resolução Quad HD+ de 3200 x 1440 pixels, taxa de atualização de 120 Hz, profundidade de cor de 10-bit, HDR10+, Dolby Vision, brilho de até 1.500 nits

  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888

  • Memória RAM: 8 GB ou 12 GB LPDDR5

  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB UFS 3.1

  • Câmera traseira: 50 MP (Principal, f/2.0, OIS) + 13 MP (Ultra wide, f/2.4, 123°) + 8 MP (Telefoto periscópio, OIS, zoom óptico de 5x)

  • Câmera frontal: 20 MP (f/2.2)

  • Dimensões: 164,3 x 74,6 x 8,5 mm

  • Peso: 208 gramas

  • Bateria: 5.000 mAh com carregamento rápido de 67 W e sem fio de 67 W

  • Extras: 5G, NFC, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.2, sensor infravermelho, certificação IP68, som estéreo Harman Kardon com Dolby Atmos

  • Cores disponíveis: preto, branco e verde

  • Sistema operacional: Android 11, sob a MIUI 12.5

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos