Mercado abrirá em 4 h 58 min
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,32
    +0,42 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.835,70
    +4,40 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    58.466,04
    +459,41 (+0,79%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.558,57
    +122,79 (+8,55%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.141,98
    +12,27 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.534,07
    -76,58 (-0,27%)
     
  • NIKKEI

    29.518,34
    +160,52 (+0,55%)
     
  • NASDAQ

    13.662,75
    -47,00 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3645
    -0,0006 (-0,01%)
     

Xiaomi Mi 11 começa a receber a interface MIUI 12.5

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

A Xiaomi já começou a disponibilizar a interface MIUI 12.5, baseada no sistema operacional Android 11, para o topo de linha Mi 11 vendido na China. A nova skin personalizada da chinesa foi apresentada junto à versão global do Mi 11 em fevereiro deste ano e já está em fase de testes para mais de 20 celulares da empresa, com previsão de lançamento apenas a partir do final deste mês.

Segundo informações do site chinês ITHome, a atualização estava prevista para chegar em sua versão estável apenas a partir do dia 30 de abril, mas parece que os testes com o topo de linha foram finalizados com duas semanas de antecedência. Outros aparelhos atualmente em fase beta continuam previstos para receber a MIUI 12.5 no final deste mês, como os Mi 10, Mi 10 Pro e Mi 9 SE.

O update pesa pouco menos de 500 MB e não traz muitas melhorias significativas em relação à atual MIUI 12, mas conta com alguns aprimoramentos no sistema, além de novos recursos visuais, sonoros e de segurança. Uma das principais novidades é a MIUI+, funcionalidade similar ao Seu Telefone, que integra smartphone da Xiaomi/Redmi a notebooks e computadores para visualizar notificações, acessar informações da área de transferência e executar aplicativos.

MIUI+ é um recurso da MIUI 12.5 similar ao Seu Telefone da Microsoft (Foto: Reprodução/XDA-Developers)
MIUI+ é um recurso da MIUI 12.5 similar ao Seu Telefone da Microsoft (Foto: Reprodução/XDA-Developers)

O MIUI 12.5 também traz o chamado "Android gesture Turbo", uma função que aprimora o desempenho do processador durante a jogatina. O smartphone recebe mudanças nos efeitos de animação, o que deve tornar o sistema até 17% mais eficiente e 32% mais econômico em relação às operações do sistema quando comparado com a MIUI 12. O uso de memória ao executar aplicativos também deve ter redução de até 20%.

(Imagem: Reprodução/Xiaomi)
(Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Vale lembrar que a atualização chega primeiramente no mercado chinês, portanto a variante global deve seguir o cronograma atual da Xiaomi.

A MIUI 12.5 segue no período de testes para 24 celulares de Xiaomi, POCO e Redmi, incluindo modelos básicos e intermediários. As inscrições foram feitas até o dia 1º de março deste ano e a fase de testes deve durar até abril deste ano, quando a empresa pretende disponibilizar a versão estável da MIUI 12.5 para o mundo todo. Confira abaixo a lista de aparelhos compatíveis:

  • Mi 10T / 10T Pro

  • Mi 9T

  • Redmi K20

  • Xiaomi Mi Note 10

  • Xiaomi Mi 9 SE

  • Redmi Note 9T

  • Mi 10T Lite

  • Mi 10i

  • Redmi Note 9 Pro

  • Redmi Note 9 Pro Max

  • Poco M2 Pro

  • Poco X3

  • Redmi Note 9

  • Redmi 9

  • Redmi 9 Prime

  • Poco M2

  • Redmi 9C / 9C NFC

  • Poco C3

  • Redmi 9A

  • Redmi Note 8

  • Redmi Note 8T

  • Redmi 9T

  • Poco M3

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: