Mercado fechará em 2 h 7 min
  • BOVESPA

    114.097,50
    +1.815,22 (+1,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.543,88
    +205,54 (+0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,38
    +1,15 (+1,59%)
     
  • OURO

    1.752,30
    -26,50 (-1,49%)
     
  • BTC-USD

    44.850,38
    +1.614,31 (+3,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.124,96
    +16,04 (+1,45%)
     
  • S&P500

    4.464,11
    +68,47 (+1,56%)
     
  • DOW JONES

    34.870,46
    +612,14 (+1,79%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.336,25
    +172,75 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2166
    +0,0078 (+0,13%)
     

Xiaomi e Apple lideram mercado de acessórios inteligentes

·2 minuto de leitura

Um novo estudo de mercado encomendado pela Canalys revela dados interessantes a respeito do mercado global de wearables, com um aumento de vendas do segmento de acessórios inteligentes em todo o planeta e liderança da Xiaomi e Apple em vendas. O período considerado é o segundo trimestre deste ano, ou seja, modelos vendidos de abril a junho.

Segundo os dados divulgados pela Canalys, a Xiaomi é a mais nova líder no segmento combinado de pulseiras e relógios graças à linha Mi Band e ao lançamento da nova Mi Band 6. A fabricante chinesa vendeu 8 milhões de unidades de wearables (aumento de 2,6% em comparação com o mesmo período de 2020) e conquista uma fatia de 19,6% do mercado global.

(Imagem: Ivo/Canaltech)
(Imagem: Ivo/Canaltech)

E enquanto marcas como Apple, Fitbit e Samsung registram expressivo aumento nas vendas em relação ao ano anterior, a Huawei vê uma queda drástica de quase 54%, caindo de 8,1 milhões de unidades vendidas para 3,7 milhões, o que ainda coloca a fabricante em terceira posição, acima da Fitbit que figura em quarto lugar e da Samsung em quinto.

Mas ao considerar apenas a venda de relógios inteligentes (smartwatches) a Apple conquista o segmento com muita folga, representando nada menos que 1/3 da fatia de mercado.

Xiaomi lidera venda de pulseiras inteligentes, mas Apple manda no segmento de smartwatches

Apple vende quase 8 milhões de relógios inteligentes (Imagem: Raagesh C/Unsplash)
Apple vende quase 8 milhões de relógios inteligentes (Imagem: Raagesh C/Unsplash)

Com aumento anual de 29,4%, a Gigante de Cupertino vendeu 7,9 milhões de relógios inteligentes e domina 31,1% da fatia de mercado. A Huawei é a competidora mais próxima com 9% de participação e 2,3 milhões de unidades vendidas.

Garmin, Samsung e Xiaomi aparecem logo em seguida na terceira, quarta e quinta posição, respectivamente.

Com a chegada do novo Apple Watch Series 7 ainda em setembro, é esperado que a fabricante ganhe ainda mais notoriedade no segmento de relógios inteligentes e deixe suas concorrentes ainda mais distantes. A Samsung corre por fora com os recém-lançados Galaxy Watch 4 e Galaxy Watch 4 Classic, que trazem hardware e software atualizados e muitas funcionalidades inéditas de saúde.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos