Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.893,32
    -1.682,15 (-1,52%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.778,87
    +104,57 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,23
    -0,11 (-0,24%)
     
  • OURO

    1.782,00
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    19.536,92
    +19,65 (+0,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    382,09
    +17,50 (+4,80%)
     
  • S&P500

    3.621,63
    -16,72 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    29.638,64
    -271,73 (-0,91%)
     
  • FTSE

    6.266,19
    -101,39 (-1,59%)
     
  • HANG SENG

    26.341,49
    -553,19 (-2,06%)
     
  • NIKKEI

    26.433,62
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    12.355,00
    +78,00 (+0,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3612
    -0,0134 (-0,21%)
     

Xiaomi deve ser a próxima a lançar celular com bateria de 6.000 mAh

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

Depois de Samsung e Motorola, a próxima fabricante de celulares a entrar no time que oferece aparelhos com bateria de 6.000 mAh deve ser a Xiaomi. Segundo um novo vazamento, seguido por uma certificação em órgão chinês, um novo Redmi com bateria gigantesca está para ser lançado.

Quem trouxe a informação em um primeiro momento foi o já famoso vazador Digital Chat Station, em seu perfil na rede social Weibo — cujas publicação são replicadas no Twitter. De acordo com o informante, a Redmi vai lançar mais um aparelho 4G, com tela de 6,53 polegadas Full HD, câmera frontal de 8 MP e traseira tripla de 48 MP, processador octa-core e bateria de 6.000 mAh com carregamento de 22,5 W.

Em uma segunda postagem, são revelados mais detalhes sobre a plataforma, que é desconhecida, segundo o informante, mas tem quatro núcleos de 2 GHz Cortex-A73 mais outros quatro Cortex-A55 de 1,8 GHz, além da GPU Adreno 610. O que leva a crer que o celular em questão será equipado ou com o Snapdragon 662 ou o 665.

Pouco depois, um Redmi foi listado no TENAA, um dos órgãos que funciona como a Anatel na China. O modelo referência M2010J19SC tem bateria de 6.000 mAh e algumas fotos publicadas (galeria acima), além de mostrar opções de 4 GB a 8 GB de memória RAM e 64 GB até 256 GB de armazenamento, com o Android 10 instalado.

Como é possível ver nas fotos, a traseira tem módulo de câmeras semelhante ao que a Samsung vem usando em seus celulares, além do nome Redmi gigantesco escrito abaixo. Não dá para ver o leitor de impressão digital, que deve estar na lateral.

De acordo com rumores anteriores, esse é o Redmi Note 10 4G, que deve ser lançado globalmente em breve. Outro nome possível para o aparelho é Redmi 10, que poderia representar um bom salto em hardware para a linha mais acessível da Xiaomi. O dispositivo em questão é diferente do Redmi Note 9 5G, que deve ser lançado na China em breve, mas não está descartado que chegue por lá também como um Redmi Note 9.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: