Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,11 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,12 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,50
    +0,60 (+0,92%)
     
  • OURO

    1.833,80
    +2,50 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    58.044,72
    -561,75 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,29 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,26 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,85 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,42 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.736,75
    +27,00 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3685
    +0,0034 (+0,05%)
     

Xiaomi deve lançar MIUI com RAM virtual

Karol Albuquerque
·2 minuto de leitura
Xiaomi deve lançar MIUI com RAM virtual
Xiaomi deve lançar MIUI com RAM virtual

A Xiaomi pretende lançar novos recursos na atualização do software MIUI 12.5, entre eles um RAM virtual. A novidade foi observada por Kacper Skrzypek, polonês que se diz “tradutor não oficial de MIUI”, em um código. A interface é utilizada nos smartphones Mi, Redmi e POCO da marca.

Em sua conta no Twitter, Skrzypek afirmou que essa extensão da memória RAM chega em breve. “Ainda não foi implementado, então não sei ainda quanto espaço e quais dispositivos vão suportar. Provavelmente os novos”, destacou ele, que também testa aparelhos da Xiaomi.

Leia mais:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Kacper Skrzypek, logo depois, conseguiu ativar um menu de extensão de memória em seu próprio telefone. “Não é oficialmente compatível com nenhum telefone Mi lançado por enquanto (requer dois componentes para funcionar). 1GB foi definido por mim para teste”, completou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Esse tipo de RAM virtual já é encontrada nos smartphones Vivo X60 e OnePlus 9 Pro. O recurso também é similar ao SWAP, que já existe no kernel da Linux, programa que controla o hardware do dispositivo. Ele usa o HD como parte da memória RAM do dispositivo. Mas, ele é mais lento do que uma memória RAM normal.

Essa lentidão acontece porque a memória RAM é de fato construída para ter acesso rápido e aleatório aos que é armazenado nos aparelhos. Tanto que RAM é a sigla para ‘random access memory’, inglês para ‘memória de acesso aleatório’. Por outro lado, os HDs são mais lentos, mas com um armazenamento massivo.

O MIUI 12.5 chega aos celulares já neste segundo trimestre de 2021. Imagem: Shutterstock
O MIUI 12.5 chega aos celulares já neste segundo trimestre de 2021. Imagem: Shutterstock

Assim, a memória pega espaço interno, realizando uma partição. O recurso do RAM virtual é interessante para celulares básicos e intermediários. Ele pode ajudar, por exemplo, a executar mais aplicativos simultaneamente.

Normalmente, de acordo com o site My Smart Price, os usuários que têm entre 8GB e 12GB de RAM conseguem um adicional de até 3GB de RAM virtual, para quando o app demanda mais armazenamento do que o telefone oferece. Aparelhos com apenas 3GB ou 4GB de RAM podem suportar até 1GB de RAM virtual adicional.

Via: My Smart Price