Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,27
    -0,25 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.734,40
    +3,90 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    20.269,91
    +717,37 (+3,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,91
    +15,47 (+3,47%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.628,00
    -12,75 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1566
    +0,0827 (+1,63%)
     

Xiaomi apresenta robô humanoide que identifica emoções; veja vídeo

Conheça o CyberOne, o robô humanoide de Xiaomi. Foto: Reprodução / Divulgação / Xiaomi.
Conheça o CyberOne, o robô humanoide de Xiaomi. Foto: Reprodução / Divulgação / Xiaomi.
  • A Xiaomi divulgou nesta semana o CyberOne, seu robô humanoide;

  • A empresa divulgou um vídeo de apresentação do robô humanoide nas redes sociais;

  • O CyberOne tem 1,77 m de altura, pesa 52 kg e pode andar a 3,6 km/h.

A Xiaomi, empresa chinesa de tecnologia, anunciou na última quinta-feira (11) o CyberOne, seu primeiro robô humanoide. O principal atrativo do dispositivo é sua capacidade de detectar emoções humanas por meio de algoritmos e mecanismos de inteligência artificial avançados.

O robô, que é equipado com dois braços e duas pernas e reproduz o equilíbrio postural de movimento similar ao do humano, consegue andar a 3,6 km/h. De acordo com a Xiaomi, o robô tem 1,77 m de altura, pesa 52 kg e é capaz de segurar até 1,5 kg de peso.

Leia também:

A cabeça do humanoide é composta por um painel OLED curvo e tela escura. Dentro, estão instalados sensores de visão espacial e microfones, capazes identificar 85 tipos de sons ambientais, além de identificar 45 emoções humanas.

O CyberOne consegue reconhecer a profundidade dos ambientes à sua volta, assim como fazer a reconstituição tridimensional do espaço por meio de um sensor intitulado Mi-Sense.

Essa tecnologia, em conjunto com um algoritmo de interação de inteligência artificial, permite que o humanoide possa identificar a presença de humanos, de animais e até de um galho de árvore.

A Xiaomi divulgou um vídeo nas redes sociais em que demonstra algumas das facetas do CyberOne: