Mercado fechado

Xiaomi anuncia dongle Paipai para transmissão em 4K e interface para smart homes

·3 min de leitura

No mesmo dia em que apresentou a sua nova linha Xiaomi 12 de aparelhos topo de linha, a companhia chinesa também aproveitou para mostrar algumas novidades extras, como a interface MIUI Home e o dongle Paipai para transmissão de conteúdos em televisões ou outros paineis maiores.

Xiaomi Paipai

Produto permite a transmissão de conteúdos em 4K a 30fps (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Produto permite a transmissão de conteúdos em 4K a 30fps (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O Paipai é a atualização de um dispositivo de mesmo nome e já apresentado pela marca em 2020. Com foco na praticidade, ele serve para transmissão de conteúdos vistos em telas de notebooks para televisões ou paineis de dimensões maiores.

O dongle tem construção similar a um Chromecast do Google, porém traz uma entrada USB-C. O objetivo é fazer com que ele funcione de forma rápida em diferentes produtos — executivos da marca tomam como exemplo um ambiente empresarial, em que a projeção pode se tornar um problema frequentemente e atrapalhar a produtividade. Portanto, o Paipai usa uma rede própria, sem a necessidade de configurações mais longas e complicadas.

O Paipai anterior foi comercializado com dois módulos circulares, em que um é conectado no notebook e outro na televisão pela entrada HDMI — de acordo com imagens publicitárias divulgadas pela companhia, a nova versão poderá ser compatível com o Xiaomi TV Stick 4K, dongle que também foi apresentado recentemente pela companhia.

Projeção é feita em televisões por meio de entrada HDMI (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Projeção é feita em televisões por meio de entrada HDMI (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O novo Paipai ainda traz melhorias nas suas especificações, já que agora ele é capaz de transmitir conteúdos em 4K a 30 quadros por segundo (para efeito de comparação, o modelo anterior dava suporte a 1080p e 60 Hz). O produto ainda promete latência ultra baixa, para que os atrasos entre as imagens sejam mínimos.

Xiaomi MIUI Home

MIUI Home poderá ser usada em três produtos, a princípio (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
MIUI Home poderá ser usada em três produtos, a princípio (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A MIUI Home não é um produto em específico, mas sim uma plataforma que tem como objetivo principal auxiliar nas funções de controle de outros itens voltados para casas inteligentes, como lâmpadas ou tomadas. A princípio, e la oferecerá suporte para três telas já existentes: o Redmi Xiao Ai Touchscreen Speaker 8, Redmi Xiao Ai Touchscreen Speaker Pro 8 e Xiaomi Xiao Ai Touchscreen Speaker Pro 8.

Quando conectado na mesma rede Wi-Fi dos diversos produtos, a MIUI Home é capaz de identificar automaticamente cada item e mostrar um sistema inteligente por meio de uma interface bastante minimalista e intuitiva. De acordo com o que foi divulgado pela Xiaomi, todos os membros de uma família poderão realizar os controles por meio do mesmo dispositivo, o que deve tornar o processo mais prático.

Interface minimalista deverá unir controle de itens de casa inteligente (Imagem: Divulgação/Xiaomi)
Interface minimalista deverá unir controle de itens de casa inteligente (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Assim como produtos concorrentes de marcas como Amazon e Google, existe suporte para comandos de voz por meio de microfones internos, e com a assistência da Xiao AI. Também é possível interagir com aplicativos populares na China para consumo de conteúdo, ver imagens geradas por câmeras de segurança conectadas na mesma rede, ou realizar ligações de vídeo entre diferentes unidades, entre outros usos.

Preços e disponibliidade

Tanto os dispositivos que trazem a MIUI Home quanto o Paipai chegam inicialmente ao mercado chinês, ainda sem previsão para vendas em outros países. A plataforma para casas inteligentes será lançada em janeiro de 2022, enquanto o dongle poderá ser adquirido por 499 yuan (cerca de R$ 441 em conversão direta).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos