Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,42
    -1,24 (-1,50%)
     
  • OURO

    1.797,20
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    58.823,34
    -1.922,57 (-3,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.406,96
    -67,37 (-4,57%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.628,74
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    28.759,76
    -338,48 (-1,16%)
     
  • NASDAQ

    15.613,25
    +26,00 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4193
    -0,0054 (-0,08%)
     

Xbox Cloud Gaming chega ao Brasil nesta quinta; saiba como acessar

·6 minuto de leitura

A Microsoft confirmou que o Xbox Cloud Gaming, serviço de jogos na nuvem (anteriormente chamado de Project xCloud), chegará oficialmente ao Brasil nesta quinta-feira (30), a partir das 15h (horário de Brasília), em fase beta — ou seja, em testes.

Para usar o serviço, basta assinar o serviço Xbox Game Pass Ultimate, que custa R$ 45 por mês, e ser usuário de PC, iOS (iPhone e iPad) ou Android. O recurso será habilitado a todos os assinantes sem custo adicional. Por enquanto, a tecnologia não estará habilitada nos consoles (Xbox One, Xbox Series X e Xbox Series S), como anunciado durante a Gamescom em agosto.

Além do Brasil, o recurso também chegará ao México nessa mesma data, e à Austrália e ao Japão no dia 1º de outubro. Dessa forma, o Xbox Cloud Gaming passará a estar disponível em 26 países.

Já pensou poder jogar videogame sem ter um console? (Foto: Divulgação/Microsoft)
Já pensou poder jogar videogame sem ter um console? (Foto: Divulgação/Microsoft)

Caso você não conheça o serviço, o Xbox Cloud Gaming permite que os usuários joguem títulos selecionados de Xbox em outros dispositivos, via nuvem, sem necessariamente ter um console. Também não é preciso fazer o download do jogo, já que tudo roda pela internet, através de hardwares personalizados do Xbox Series X em servidores da Azure (no período de testes, o equipamento usado era o Xbox One).

Os jogos são transmitidos em resolução Full HD (1080p) com até 60 quadros por segundo. Graças ao poder da nova geração, os games via streaming também terão carregamentos mais rápidos, frame rates melhores, gráficos mais definidos e inteligência artificial mais poderosa. Vale lembrar que todo o progresso é compartilhado entre seus dispositivos, e alguns títulos oferecem controles digitais na tela, não sendo necessário um joystick físico.

Nuvem democratiza os jogos, diz Microsoft

O Canaltech entrevistou executivos envolvidos no desenvolvimento do serviço. O Xbox Cloud Gaming “democratiza o acesso a jogos”, disse a vice-presidente e Head de Produção e Estratégia de Xbox Cloud Gaming, Catherine Gluckstein.

Já Kareem Choudhry, vice-presidente corporativo e Cloud Gaming da Microsoft, afirmou estar ciente que muitos brasileiros jogarão títulos de Xbox sem necessariamente ter um console, como os futuros lançamentos Forza Horizon 5 e Halo Infinite. E não há problema algum nisso.

“A nuvem vai oferecer-lhes uma oportunidade para aproveitar esses conteúdos junto com todos os outros jogadores”, disse. Todos os games lançados pela própria Microsoft através do selo Xbox Game Studios, os quais chegam ao Game Pass no dia do lançamento, também ficarão disponíveis na nuvem.

Kareem Choudhry e Catherine Gluckstein (Foto: Reprodução/Xbox)
Kareem Choudhry e Catherine Gluckstein (Foto: Reprodução/Xbox)

Kareem ressalta, no entanto, que a nuvem não substituirá os consoles e computadores ou vice-versa: a ideia é que eles coexistam e ofereçam mais opções de escolha para os jogadores. “Nossa visão é permitir que as pessoas joguem os games que quiserem, com as pessoas que quiserem, onde quiserem”, disse.

Além disso, a marca trabalhará nos próximos anos sob três pilares: “conteúdo, comunidade e nuvem” — ou seja, poderemos esperar mais novidades sobre o Xbox Cloud Gaming em breve.

Qual o nome certo: xCloud ou Xbox Cloud Gaming?

Durante a entrevista, o Canaltech aproveitou para fazer uma pergunta simples para Catherine e Kareem. Afinal, qual o jeito certo de se referir ao serviço de nuvem da Microsoft: xCloud ou Xbox Cloud Gaming?

A resposta é... Xbox Cloud Gaming. Parece uma dúvida boba, mas Kareem afirmou ser uma pergunta que eles recebem constantemente; afinal, o termo xCloud foi utilizado durante o período de prévia e, apesar de não ser o nome oficial, continua sendo utilizado em algumas comunicações da empresa, inclusive em um e-mail enviado semanas atrás. Isso confunde alguns jogadores — eu incluso.

“Project xCloud virou um nome muito popular, e é um nome muito legal. Nós estamos ouvindo os feedbacks, mas Xbox Cloud Gaming é o nome oficial”, reforçou Kareem. Lição aprendida, pessoal?

Como será o ping e a latência no Xbox Cloud Gaming?

Motivo para dor de cabeça em muitos jogadores, a latência não será um problema ao jogar Xbox na nuvem, assegurou Kareem.

Para quem não está familiarizado com o termo, a latência é o tempo em milissegundos que leva para uma informação ser transmitida de um ponto A para um ponto B, e depois desse ponto B de volta ao ponto A. O comando utilizado para calcular a latência se chama ping (como um jogo ping-pong). Quanto maior for o valor do ping, mais tempo a sua internet demora para transmitir dados e receber as respostas, o que pode ser crucial em um jogo online.

“Durante o período de prévia, vimos vários jogos multiplayer relatando zero milissegundos de ping”, afirmou o executivo — o que é um número surpreendente. “Entendemos que esses consoles estão em um data center ao lado do serviço de multiplayer, então é claro que eles têm ping zero! Com isso, pudemos focar nossos esforços com a Azure e as fornecedoras de internet do Brasil, para garantir a melhor conexão entre o data center e o consumidor”.

Microsoft promete que jogos online serão tarefa fácil para o Xbox Cloud Gaming, mas tudo dependerá da sua conexão à internet (Foto: Reprodução/Microsoft)
Microsoft promete que jogos online serão tarefa fácil para o Xbox Cloud Gaming, mas tudo dependerá da sua conexão à internet (Foto: Reprodução/Microsoft)

Quais foram os games mais jogados pelos brasileiros no Xbox Cloud Gaming?

Por fim, Catherine também aproveitou para agradecer o feedback e a recepção do público brasileiro. Segundo a executiva, a taxa de aprovação do serviço no nosso país é de quase 90%.

Ela também revelou os títulos mais jogados pelos usuários brasileiros durante o período de prévia do serviço:

  • Forza Horizon 4

  • Minecraft Dungeons

  • Destiny 2

  • Gears 5

  • Sea of Thieves

“Estamos muito animados para lançar o serviço no Brasil. Fomos recebidos calorosamente, e vimos todo o entusiasmo através do número de horas jogadas nos testes”, disse Catherine. “Um grande obrigado a todos os gamers brasileiros”.

Enquanto o novo Forza Horizon 5 não chega, brasileiros se divertiram com o jogo anterior, o Forza Horizon 4 (Foto: Captura de tela/Sergio Oliveira)
Enquanto o novo Forza Horizon 5 não chega, brasileiros se divertiram com o jogo anterior, o Forza Horizon 4 (Foto: Captura de tela/Sergio Oliveira)

Como acessar o Xbox Cloud Gaming nos celulares e PC

O serviço começará a funcionar oficialmente no Brasil a partir desta quinta-feira (30), às 15h (horário de Brasília).

Android

Para jogar no Android, basta baixar o aplicativo através deste link e fazer login.

iOS

Nos dispositivos iOS, como iPhones e iPads, será possível jogar através de um navegador como o Safari, que já vem pré-instalado. Para acessar o site, clique neste link.

A Apple tem bloqueado serviços como o Xbox Cloud Gaming e o Google Stadia da App Store. A justificativa é que os desenvolvedores precisariam enviar os jogos individualmente para análise, de modo a evitar possíveis fraudes e vírus.

PC

Em computadores com Windows 10, o Xbox Cloud Gaming será acessível através de um navegador neste link.

O aplicativo oficial de Xbox para PC também deve ser atualizado, permitindo que os jogadores possam aproveitar os títulos diretamente pelo app.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos