Mercado fechado
  • BOVESPA

    99.621,58
    -969,83 (-0,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.061,61
    -373,84 (-0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,33
    -0,45 (-0,41%)
     
  • OURO

    1.821,00
    +3,50 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    20.038,90
    -253,57 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    430,78
    -8,88 (-2,02%)
     
  • S&P500

    3.818,83
    -2,72 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    31.029,31
    +82,32 (+0,27%)
     
  • FTSE

    7.312,32
    -11,09 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    21.996,89
    -422,08 (-1,88%)
     
  • NIKKEI

    26.686,03
    -118,57 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    11.675,25
    -15,75 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4302
    +0,0196 (+0,36%)
     

Xangai fecha partes da cidade de novo com temores de vírus

(Bloomberg) -- Xangai fechará sete distritos neste fim de semana para realizar testes em massa de Covid-19, a primeira grande restrição de movimento desde que o centro financeiro saiu de uma paralisação de dois meses no início de junho.

O bloqueio temporário, que cobrirá milhões de pessoas nos distritos de Pudong, Huangpu, Jing’an, Xuhui, Hongkou, Baoshan e Minhang, segue uma alta nas infecções encontradas na comunidade para seis casos na quinta-feira.

Quatro dos seis casos foram encontrados em Minhang, um distrito de 2,65 milhões de habitantes no sudoeste de Xangai. Minhang será isolado na manhã de sábado para testes em massa, segundo comunicado local, enquanto os outros distritos não especificaram quanto tempo durariam os bloqueios.

As medidas suscitam preocupações de que a reabertura da cidade esteja retrocedendo, e as autoridades temem um ressurgimento da infecção após a retomada da atividade social e econômica. Os moradores correm o risco de ficarem confinados em suas casas por mais duas semanas se alguma infecção for descoberta durante os testes em massa, devido à política Covid Zero da China.

O governo também parece ter aumentando as restrições e coloca prédios residenciais de volta em confinamento ao menor sinal de risco de infecção. Alguns conjuntos habitacionais nos distritos centrais de Jing’an e Xuhui foram fechados por 14 dias a partir de terça-feira, embora apenas contatos próximos - e nenhum caso confirmado - tenham sido encontrados entre os moradores.

A ameaça de novas restrições paira sobre toda Xangai, enquanto a cidade emerge provisoriamente do bloqueio implementado no final de março. Embora a maioria dos moradores tenha recuperado sua liberdade desde o início de junho, milhões ainda enfrentam diversas limitações e a imposição abrupta de novos controles.

O constante risco de ressurgimento e as medidas necessárias para evitá-los ressaltam o estresse decorrente da estratégia de tolerância zero ainda seguida no país mais populoso do mundo.

Em Pequim, que enfrenta um surto pequeno mas prolongado, as autoridades ordenaram o endurecimento das regras novamente.

Os testes em massa foram retomados na quinta-feira em vários bairros do distrito de Chaoyang, no leste de Pequim, conhecido por seus arranha-céus, enquanto locais de entretenimento como cibercafés e salões de karaokê foram fechados, com mais inspeções planejadas em toda a cidade.

“O risco de disseminação secreta do Covid permanece e soa um alarme mais uma vez que nosso controle e prevenção da epidemia não deve ter um pingo de relaxamento”, disse Xu Hejian, porta-voz do governo municipal de Pequim em entrevista na quinta-feira.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos