WWF cobra medidas da UE para assegurar 100% de energia renovável até 2050

Bruxelas, 13 fev (EFE).- A organização ambientalista internacional WWF publicou nesta quarta-feira um relatório para pedir que a União Europeia adote políticas capazes de assegurar que toda sua energia proceda de fontes renováveis até 2050.

Intitulado "Encaminhando à UE em direção aos 100% de energia renovável", o relatório assinala que a União dispõe de um "significativo potencial" para reduzir o uso de energia e maximizar suas fontes locais, mas que este objetivo ainda se encontra distante devido a uma "falta de vontade política".

"É necessário contar com um marco político claro sobre energia renovável e eficiência energética a partir de 2020", assinala o relatório, que acrescenta que a meta de produzir 100% de energia limpa até 2050 é possível e, "a longo prazo, economizará dinheiro".

Segundo a organização, ao adotar as políticas adequadas até 2030, a UE poderia reduzir seu consumo energético em 38% e gerar mais de 40% da energia que consome com fontes renováveis.

"Com a aplicação dessas duas medidas, a UE conseguiria reduzir suas emissões de efeito estufa relacionadas com a energia em 50%", informa a WWF, que aponta que essas medidas poderiam fazer com que a UE assegurasse a totalidade de sua energia renovável até 2050.

A organização conservacionista considera que os objetivos que propõe fornecerão benefícios econômicos, além dos estritamente ecológicos, como a criação de postos de trabalho.

Neste sentido, a organização assegura que as emissões de efeito estufa serão reduzidas em 30% até 2020, enquanto que a proposta da UE gira em torno de 20%, e serão gerados 6 milhões de novos postos de trabalho na Europa.

Este relatório é apresentado em meio a um debate sobre o que o bloco dos 27 deveria fazer em relação aos temas climáticos e à legislação energética.

Neste sentido, a Comissão Europeia contempla um pacote de objetivos menos ambiciosos que os da WWF. Conhecida como "20-20-20", a meta da UE espera reduzir a emissão de gases do efeito estufa em 20% até 2020.

Além disso, o Executivo europeu espera aumentar a proporção de energias procedentes de fontes renováveis até 20% e melhorar em 20% a eficiência energética da UE. EFE

Carregando...