Mercado fechará em 2 h 42 min
  • BOVESPA

    122.242,31
    +1.893,52 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.372,06
    +479,78 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,23
    -0,13 (-0,25%)
     
  • OURO

    1.836,30
    +6,40 (+0,35%)
     
  • BTC-USD

    36.122,05
    +63,17 (+0,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    704,02
    -31,12 (-4,23%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.715,66
    -20,05 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    28.862,77
    +288,91 (+1,01%)
     
  • NIKKEI

    28.242,21
    -276,97 (-0,97%)
     
  • NASDAQ

    12.807,50
    +5,25 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3403
    -0,0523 (-0,82%)
     

Wuhan pode ter 10 vezes mais casos de covid-19 que o balanço oficial, aponta estudo

·1 minuto de leitura
O coronavírus foi detectado pela primeira vez em Wuhan

O número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus em Wuhan, cidade chinesa considerada a origem da pandemia, teria sido 10 vezes superior ao balanço oficial anunciado até o momento pelas autoridades de Pequim, de acordo com um estudo do Centro Chinês para o Controle e a Prevenção de Doenças.

A covid-19 foi detectada no fim do ano passado nesta cidade de 11 milhões de habitantes do centro da China, que foi colocada em quarentena durante 76 dias a partir de de janeiro de 2020.

De acordo com testes sorológicos realizados em abril, após o pico da epidemia, 4,43% dos habitantes de Wuhan tinham anticorpos, o que significa que o organismo reagiu à presença do vírus.

Isto significa que, em proporção à população de Wuhan, quase 480.000 pessoas foram contaminadas, ou seja, 10 vezes mais do que o balanço de 50.000 casos divulgado até o momento pelas autoridades.

A diferença se deve talvez a uma "subestimação dos casos durante o caos entre o fim de janeiro e o início de fevereiro, quando muitas pessoas não foram submetidas a testes, ou porque estes não eram confiáveis", disse Huang Yanzhong, especialista de saúde pública do Council on Foreign Relations, um centro de estudos americano.

Wuhan é a cidade mais afetada da China pelo vírus, que deixou em todo o país 4.634 mortos, segundo o balanço oficial, sendo quase 4.000 nesta localidade.

A última morte registrada por covid-19 na China foi comunicada em maio, quando o vírus já havia se propagada a todo o mundo.

prw-bar/ehl/ob/me/fp