Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,38 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,17 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,53
    -0,18 (-0,39%)
     
  • OURO

    1.788,10
    -23,10 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    18.077,46
    +309,40 (+1,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,90 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,23 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,40 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.257,50
    +105,25 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3746
    +0,0347 (+0,55%)
     

World of Warcraft fica mais barato no Brasil, com assinaturas a partir de R$ 32

Felipe Demartini
·2 minuto de leitura

A Blizzard está anunciando uma redução no preço das assinaturas de World of Warcraft no Brasil, bem como mudanças em seus sistemas de pagamento que tornarão o game mais acessível aos jogadores daqui. A partir de agora, as mensalidades do título passam a custar R$ 32, com planos trimestrais e semestrais que podem garantir descontos de até 29% no pagamento unitário.

A mudança veio como resultado de uma mudança nos sistemas de pagamento de World of Warcraft, que agora, passa a ser faturado diretamente em reais. Com isso, os jogadores não mais precisam ter um cartão internacional nem pagarão IOF ao aderirem a um dos planos do título, além de ficarem livres de variações cambiais que tornavam cada pagamento uma pequena roleta.

Nessa conversão, a Blizzard mantém os planos de múltiplos meses que tornam a assinatura ainda mais barata. No Brasil, por exemplo, o trimestre passa a custar R$ 87, um desconto de 17% em relação ao pacote mensal, enquanto o semestre sai por R$ 149, com redução de 29% e valor a cada 30 dias de R$ 24,83. Novos usuários também têm acesso a conteúdos exclusivos no momento da adesão.

<em>World of Wacraft ganha novos preços no Brasil e passa a ser faturado apenas em reais, o que tornou assinaturas mais baratas e acessíveis aos jogadores (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
World of Wacraft ganha novos preços no Brasil e passa a ser faturado apenas em reais, o que tornou assinaturas mais baratas e acessíveis aos jogadores (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

A assinatura é requisito essencial para quem quer jogar World of Warcraft a partir do nível 20, até onde o título é gratuito para jogar. O pacote é recorrente, sendo renovado automaticamente por um novo período ao fim do prazo escolhido pelo usuário, a não ser que ele escolha cancelar a assinatura. Por enquanto, apenas cartões de crédito podem ser utilizados para realização do pagamento, enquanto gift cards com diferentes valores podem ser encontrados em grandes varejistas brasileiros — eles também podem ser usados em WoW, mas não geram a renovação automática nem dão acesso aos conteúdos exclusivos.

Ainda segundo a Blizzard, a mudança no sistema de assinaturas e as maiores vantagens para usuários brasileiros chegam bem a tempo de Shadowlands, a próxima expansão de World of Warcraft, que deve ser lançada neste final de ano. O game está totalmente localizado em português e ainda acompanha a versão Classic, que o retorna a seu estado original e clássico, como diz o nome, em um servidor dedicado aos jogadores saudosistas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: