Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.812,38
    -490,72 (-1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Windows receberá uma das maiores atualizações da década, revela CEO da Microsoft

·2 minuto de leitura

Nesta terça-feira (25), aconteceu a abertura de um dos eventos mais importantes da Microsoft no ano, o Build 2021. O foco da edição foi conversar diretamente com desenvolvedores, mas o público geral não ficou sem anúncios para se empolgar: o CEO da companhia, Satya Nadella, disse que testa “a próxima geração do Windows” há algum tempo e prometeu que dará mais informações em breve.

Ao contrário do que se esperava, o evento não foi protagonizado por novidades para o sistema da casa. Este ano, a conversa com desenvolvedores rendeu bastante e até o suporte de softwares com GUI Linux no WSL do sistema da Microsoft foi finalmente liberado no programa de acesso antecipado. Contudo, Windows não foi deixado de lado e, ao que parece, bastante coisa virá no pacote da atualização Sun Valley.

“Em breve contaremos sobre uma das maiores atualizações do Windows nesta década focada na abertura de oportunidades para desenvolvedores e criadores. Eu a experimentei nos últimos meses e estou muito empolgado pela nova geração do Windows”, disse o CEO durante a apresentação.

Ser tratado como um serviço garante ao Windows 10 a incrível capacidade de estar sempre em rotatividade com novidades e ferramentas — tanto visuais quanto de interesse exclusivo de desenvolvedores. Há meses, a Microsoft sinaliza que o próximo grande pacote pode introduzir mudanças visuais significativas, como se livrar de ícones abandonados desde o Windows 95 e repaginar a Microsoft Store.

É provável que a “abertura de oportunidades para desenvolvedores” citada por Nadella seja uma referência ao novo modelo da loja de aplicativos. Segundo o Windows Central, as mudanças da loja dariam mais liberdade para a publicação de softwares na loja, enquanto a tornaria mais convidativa para usuários navegarem em busca de novos apps.

Loja de apps mais aberta e interessante

A Microsoft Store iria para um caminho mais próximo da Play Store, mas descentralizado em termos de distribuição de atualizações. As informações ainda não estão claras, portanto resta esperar até que a companhia as apresente oficialmente no futuro.

Ademais, o abandono do projeto do Windows 10X também deve resultar em novidades no Windows 10 convencional. A dona do SO havia comentado que o sistema mais versátil seria “engolido” pela versão convencional, mas não detalhou quais seriam os recursos preservados do sistema secundário.

O “em breve” citado por Nadella não diz muita coisa, mas não deve demorar muito até que o evento seja finalmente agendado. Rumores anteriores mencionam que a Gigante de Redmond planejava um evento para o próximo trimestre, mas nada foi confirmado até o momento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos