Mercado fechado

Windows 11 vai mostrar quais processos estão usando um arquivo

A Microsoft vai adicionar um recurso para permitir a identificação rápida de qual processo está relacionado a um aplicativo no Windows 11. Chamado "File LockSmith", essa ferramenta mostrará quais arquivos estão em uso e a quais programas eles pertencem, facilitando a exclusão ou o encerramento de algo que esteja consumindo muitos recursos do PC.

Hoje, você consegue visualizar cada processo em execução no seu computador pelo Gerenciador de Tarefas, mas não consegue fechá-los se estiverem em execução. Isso ocorre porque o Explorador de Arquivos do Windows bloqueia qualquer tentativa de exclusão para evitar corromper o software.

Embora seja uma medida de segurança válida, o bloqueio de exclusão cria uma barreira de otimização do PC. O problema é que muitos processos rodando no Windows não dizem muito sobre a origem, ficando difícil para as pessoas saber a qual programa está relacionado.

O recurso permitirá saber qual programa ou jogo está usando aquele arquivo (Imagem: Reprodução/Windows Latest)
O recurso permitirá saber qual programa ou jogo está usando aquele arquivo (Imagem: Reprodução/Windows Latest)

Com essa nova extensão de shell do sistema, será possível fazer uma "mini-engenharia reversa" para descobrir em qual programa está aquele processo consumindo toda sua memória RAM. O Windows passará a exibir uma opção chamada "What's using this file?" (O que está usando esse arquivo, em tradução livre) no menu de contexto para revelar tal informação com um simples clique.

Descubra facilmente a qual processo o arquivo está atrelado

Aparentemente, qualquer arquivo ou pasta será compatível com o File Locksmith: basta selecionar e clicar com o botão direito do mouse para uma nova tela mostrar os processos relacionados. Se for um vídeo rodando em um software de mídia, como no exemplo abaixo, você verá qual é o reprodutor a ser encerrado antes de apagar o arquivo.

O usuário conseguirá saber o ID do processo, qual usuário está rodando e o caminho do arquivo em execução (Imagem: Reprodução/Windows Latest)
O usuário conseguirá saber o ID do processo, qual usuário está rodando e o caminho do arquivo em execução (Imagem: Reprodução/Windows Latest)

Vale lembrar que o recurso só exibirá os processos rodando na sua conta de usuário, sendo impossível fechar apps de outros perfis, caso você compartilhe o PC com mais gente. O File Locksmith também ainda está em fase de melhorias, logo alguns arquivos em uso podem não exibir corretamente o processo na lista de resultados.

Mesmo assim, é importante destacar como essa melhoria pode dar um caráter utilitário para o Windows. Por enquanto, somente quem usa o PowerToys pode experimentar o recurso, mas a expectativa é de o File Locksmith chegar para o sistema da Microsoft em alguns meses. Assim que for integrado ao sistema, as pessoas terão mais facilidade para descobrir o que deixa seu PC lento, permitindo a eliminação do processo que bloqueia o arquivo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: