Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.696,35
    +1.407,53 (+4,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Windows 11 terá versão com suporte estendido por 5 anos, mas não por enquanto

·2 minuto de leitura

A Microsoft finalmente começou a divulgar sua estratégia para a versão LTS (Suporte de Longo Prazo) do Windows 11, a alternativa mais estável, segura e com prolongado suporte focada em empresas. Em uma sessão online de perguntas e respostas nesta quarta-feira (21), a companhia anunciou que haverá um Canal LTS (LTSC), mas o suporte será menor que era no Win 10 e não será lançado junto a versão final do SO.

Serão cinco anos de suporte para cada atualização do Windows 11 via LTSC, metade do prazo garantido para as compilações estáveis do Windows 10. O suporte prolongado não tem data para estrear, mas a Microsoft foi assertiva ao dizer que isso acontece apenas depois da devida estreia do SO para os consumidores.

Versões LTS de softwares são alternativas mais duradouras e estáveis, destinadas a pessoas e empresas que preferem um sistema mais robusto em vez de recursos novos e alterações constantes. Ao adotar uma versão de Suporte de Longo Prazo, o computador recebe atualizações menos frequentes e apenas com o indispensável (recursos de segurança, por exemplo) — saiba o que é uma versão LTS e quais são suas vantagens.

Quando o Windows 10 foi lançado, sua primeira versão também teve uma alternativa LTS. Isso permitiu que os interessados migrassem de sistema operacional logo de cara sem se preocupar muito com essa condição. Considerando que o Windows 11 adiará um pouco a liberação do canal de suporte prolongado, usuários deverão segurar um pouco a vontade de trocar de SO se ter garantias maiores for a maior prioridade.

Como será o ciclo de atualizações do Windows 11

O Windows 11 receberá uma grande atualização por ano e elas devem chegar sempre no segundo semestre de cada ano. Isso dá a ele uma carga menor em novidades em relação ao que foi o Win 10, que recebia updates semestrais.

Nesse meio tempo, obviamente, o sistema não ficará parado. A companhia continuará encaminhando pacotes menores de correções e melhorias de segurança.

Para cada edição, o prazo de suporte será diferente: Home e Pro (destinadas ao público geral), cada pacote terá 24 meses de suporte, versões Enterprise e Education (para empresas e instituições de ensino, respectivamente) terão 36 meses de garantia de suporte sobre cada compilação.

O Windows 11 ainda não tem data de lançamento confirmada. A Microsoft espera liberá-lo no início de 2022, mas algumas pistas mostram que a distribuição da versão final pode chegar já em outubro deste ano. Atualmente, o sistema operacional está disponível para teste de forma oficial para membros do programa Windows Insider e atualizações frequentes introduzem novidades cada vez mais interessantes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos