Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    53.886,97
    -1.020,03 (-1,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

Windows 11 tem mais um bug em programa clássico que virou "ponto fraco"

·2 min de leitura

O problema de vazamento de memória do Explorador de Arquivos do Windows 11 já foi amplamente difundido pela web, desde a descoberta após o lançamento oficial do sistema em outubro. Parece, porém, que ele não é o único bug que afeta o SO: o menu de contexto, aquele aberto pelo botão direito do mouse, está bem lento em alguns computadores.

No novo sistema, o menu de contexto para as áreas mais comuns do Explorer foi totalmente retrabalhado. Vários botões de atividades comuns, como recortar, colar e copiar, foram reposicionados como simples ícones e o tamanho do balão se ajusta conforme a quantidade de opções disponível.

Menu de contexto tende a abrir incompleto (ou nem abre) em computadores mais lentos (Imagem: Igor Almenara/Canaltech)
Menu de contexto tende a abrir incompleto (ou nem abre) em computadores mais lentos (Imagem: Igor Almenara/Canaltech)

Contudo, do clique com o botão direito do mouse à abertura do menu, o sistema costuma levar de um a dois segundos. O inconveniente tende a ser mais recorrente (e evidente) em PCs mais fracos, o que joga fora toda a sensação de agilidade do SO e pode facilmente passar a ideia de que o computador está lento.

Relatos recolhidos pelo site Windows Latest descrevem que a seção às vezes aparece reajustando o tamanho de botões já em exibição na tela — isso quando não resolve simplesmente não abrir, quando clicado em alguns arquivos.

Mesmo quando lotado, o Win 10 fazia melhor

Isso tendia a não acontecer no Windows 10, mesmo quando o menu de contexto tradicional aparecia lotado de interações por programas baixados no PC. Vale ressaltar que a seção do sistema antigo ainda está disponível no SO mais recente, através do clique na opção “Mostrar mais opções”.

Felizmente, há uma correção para a falta de agilidade em desenvolvimento e testadores do Windows Insider já podem experimentá-la. Não existe, porém, previsão para o lançamento da solução para o público geral, mas é bom torcer que seja em breve, já que o senso de que o sistema é “pesado” pode convencer um usuário a retroceder a atualização.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos