Mercado fechará em 2 h 27 min

Windows 10 começa a “matar” de vez o bom e velho Painel de Controle

Ramon de Souza
·1 minuto de leitura

Desde que a Microsoft lançou o Windows 8, lá em 2012, ela tem se esforçado bastante para fazer seu conjunto de apps nativos — e adaptados para telas sensíveis ao toque — vingar entre seus usuários. Veio a atualização 8.1 e, posteriormente, o Windows 10, e nenhum deles teve sucesso em popularizar o Configurações, aplicativo que surgiu para substituir o bom e velho Painel de Controle.

O motivo é simples: para muitos, o Configurações nem de longe traz a mesma liberdade para você “fuçar” em atributos mais técnicos da máquina consagrada pelo antigo Painel de Controle. A Gigante de Redmond tem se empenhado nos últimos meses a mudar esse cenário, tornando o app nativo cada vez mais robusto e cheio de recursos. Agora, pelo jeito, ela começou a forçar a transição na marra.

Segundo o SlashGear, diversos membros do programa Insider (que têm acesso às builds Beta do SO) afirmam que, nas mais recentes compilações instáveis do Windows, a Microsoft removeu completamente qualquer forma de acessar alguns recursos cruciais do Painel de Controle, como os setores “Sistema e Segurança” (usado para obter informações técnicas da máquina) e “Programas” (útil para desinstalar softwares).

Não temos como dizer que se trata de uma notícia inesperada — mais cedo ou mais tarde tal alteração teria que ser forçada, especialmente com a companhia investindo cada vez mais no aplicativo Configurações. Ainda assim, não sabemos como será a reação do público final caso tais alterações realmente sejam aplicadas nas compilações estáveis do sistema operacional.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: