Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.958,04
    +34,38 (+0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Williams, do Fed, diz que política monetária não é a melhor ferramenta para estabilidade financeira

Presidente do Fed de Nova York, John Williams

Por Michael S. Derby

NOVA YORK (Reuters) - O presidente do Federal Reserve de Nova York, John Williams, disse nesta quarta-feira que ainda acredita que a política monetária não é a melhor ferramenta para lidar com os riscos à estabilidade financeira e que as autoridades deveriam adotar medidas para aumentar a resiliência de setores como o mercado de Treasuries.

"Para que a política monetária seja mais eficaz, os mercados financeiros devem funcionar adequadamente", disse Williams em discurso preparado para uma conferência sobre o mercado de Treasuries no Fed de Nova York.

“Usar a política monetária para mitigar vulnerabilidades da estabilidade financeira pode levar a resultados desfavoráveis para a economia”, disse Williams, acrescentando que “a política monetária não deve tentar fazer tudo e não se concentrar em nada”.

Williams não comentou sobre as perspectivas de curto prazo da política monetária em seus comentários preparados. O presidente do Fed de Nova York também é vice-presidente do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc).

Mas Williams disse que, em meio ao cenário atual de inflação alta, os bancos centrais do mundo estão tomando "ações fortes" para reduzir as pressões sobre os preços.

"Restaurar a estabilidade de preços é de suma importância porque é a base da estabilidade econômica e financeira sustentada. A estabilidade de preços não é uma questão de opção, é uma obrigação", disse ele.

Williams disse que o Fed e os mercados precisam trabalhar juntos para encontrar soluções que melhorem a resiliência do mercado.

(Reportagem de Michael S. Derby)