Mercado fechará em 1 h 59 min

Williams diz que Fed pode reverter "tendência de queda" de expectativas de inflação

Presidente do Federal Reserve de Nova York, John Williams

(Reuters) - As autoridades do banco central dos Estados Unidos precisam se responsabilizar e promover a comunicação de sua estratégia à medida que enfrentam o desafio de impedir que a inflação - e as expectativas de inflação - caiam demais, disse o presidente do Federal Reserve de Nova York, John Williams, nesta quinta-feira.

O objetivo está em nítido contraste com os obstáculos enfrentados pelas gerações anteriores, quando as autoridades combatiam a inflação "indesejavelmente alta", disse Williams, de acordo com comentários preparados para uma conferência do Banco da Inglaterra, em Londres.

As taxas de juros estão mais baixas agora do que antes da recessão por causa do lento crescimento da produtividade, mudanças demográficas e aumento da demanda por ativos mais seguros, disse Williams. Esses juros mais baixos limitam a capacidade das autoridades do Fed de reduzir os custos dos empréstimos durante uma crise, disse ele. Uma espiral descendente nas expectativas de inflação pode levar a mais restrições.

"Se a inflação continuar a ficar abaixo do alvo de forma similar aos últimos seis anos, a tendência de queda nas expectativas de inflação provavelmente continuará", afirmou Williams. "Mas ainda há tempo para evitar esse destino."

"Manter as expectativas de inflação ancoradas no ponto certo dependerá não apenas de as autoridades se responsabilizarem pela inflação, mas de sua capacidade de executar e comunicar claramente suas políticas monetárias", disse ele.

Williams não comentou a política monetária atual dos EUA em suas observações preparadas.