Mercado abrirá em 5 h 33 min
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,07
    +0,64 (+1,04%)
     
  • OURO

    1.783,50
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    49.206,26
    -5.503,39 (-10,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.117,12
    -125,94 (-10,13%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.909,72
    -28,52 (-0,41%)
     
  • HANG SENG

    28.959,77
    +204,43 (+0,71%)
     
  • NIKKEI

    29.020,63
    -167,54 (-0,57%)
     
  • NASDAQ

    13.755,75
    +5,50 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5540
    +0,0124 (+0,19%)
     

Wikipedia terá versão paga, mas você não poderá usá-la; entenda o motivo

Felipe Ribeiro
·1 minuto de leitura

A maior enciclopédia digital colaborativa do mundo finalmente terá uma versão paga. Mas espere, você (ainda) não poderá acessá-la. A Wikimedia, organização por trás da Wikipedia, anunciou a criação do Wikimedia Enterprise, que terá como foco facilitar o acesso de empresas a todo o acervo da enciclopédia.

Segundo comunicado da Wikimedia, a criação do Wikimedia Enterprise vai abordar empresas que façam uso da enciclopédia de maneira ativa, seja por meio de caixas de busca ou até mesmo com seus assistentes virtuais, que geralmente utilizam o banco de dados do Wikipedia para passar repostas aos seus usuários.

Com isso, a organização espera arrecadar mais fundos para sustentar a Wikipedia tradicional, que é gratuita desde seu lançamento. Para isso, hoje a organização colhe doações de pessoas físicas e jurídicas, mas, como é de praxe, muitas dessas companhias utilizam a enciclopédia sem nenhuma contrapartida financeira.

Ao pagar o Wikimedia Enterprise, além de poder utilizar a ferramenta à vontade, as empresas terão algumas melhorias no serviço, como informações mais precisas e obtidas com mais velocidade, além de uma disposição do conteúdo mais personalizada, como se fosse em uma página exclusiva.

De acordo com a Wikimedia, o serviço deverá ser lançado até o final de 2021. Não há previsão, no entanto, de quando pessoas físicas poderão usufruir dessa ferramenta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: