Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.679,50
    +183,29 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

WhatsApp vai permitir envio de fotos autodestrutivas em breve, mas há um porém

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

As mídias autodestrutivas podem logo chegar ao WhatsApp. Fotos, vídeos e GIFs que se apagam sozinhos depois de abertos poderão ser compartilhados pelo app, mas há um porém importante: capturas de tela feitas pelo receptor podem preservar o conteúdo.

A novidade casa perfeitamente com as mensagens temporárias disponíveis na versão final do app, mas com validade ainda mais curta: imagens e vídeos enviados pelo mensageiro poderiam ser abertos somente uma única vez antes de sumir para sempre do celular do destinatário. O acesso único ao conteúdo enviado, porém, poderia ser feito a qualquer momento a partir do recebimento da mensagem.

Capturas de tela ainda poderão guardar a imagem enviada e, além disso, não há indícios de que o registro será notificado ao remetente da foto, como acontece nas mídias enviadas como mensagem direta no Instagram, por exemplo.

Ícone de mídias temporárias sugerem que terá acesso único. (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Ícone de mídias temporárias sugerem que terá acesso único. (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Nada impede, entretanto, que o WhatsApp implemente barreiras para capturas de tela, algo semelhante ao que acontece em alguns navegadores para celular e no Telegram. Contudo, não parece que a ferramenta de segurança será implementada tão cedo, visto que a própria tela de apresentação do recurso alerta sobre possíveis prints.

De acordo com o WABetaInfo, a função ainda está em desenvolvimento para a versão de Android e iOS, mas a nova tela de apresentação antecipa que sua chegada está cada vez mais próxima. Não há informações relacionadas a estreia das mídias temporárias no mensageiro, tampouco na distribuição beta. Para os usuários cadastrados no programa, vale ficar de olho nas atualizações e conferir a novidade assim que chegar.

Da mesma forma, não há previsão para a chegada do recurso na versão estável do WhatsApp. Diferente das mensagens, a aplicação de mídias temporárias deve ser um pouco mais complexa, visto que isso não se comporta como uma foto ou vídeo comum que logo é encaminhado para a galeria do celular. Por agora, resta aguardar pelo anúncio da ferramenta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: