Mercado fechará em 6 h 39 min

WhatsApp vai deixar de funcionar em iPhones antigos

O WhatsApp perderá o suporte para o iOS 10 e o iOS 11 em breve, conforme previsto desde maio deste ano. A partir de 24 de outubro de 2022, o mensageiro deixará de funcionar em iPhones que rodam essas versões do sistema.

A incompatibilidade pode ser contornada ao atualizar o dispositivo para uma versão mais recente do SO, mas isso não é possível em modelos muito antigos, como o iPhone 5 (2012) e o iPhone 5c (2013). Nesses casos, a única alternativa para continuar usando o WhatsApp é comprar um celular novo.

Os alertas do fim do suporte devem se tornar ainda mais recorrentes ao longo dos meses (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Os alertas do fim do suporte devem se tornar ainda mais recorrentes ao longo dos meses (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Com a mudança, passa a ser um requisito do WhatsApp rodar o iOS 12, lançado em 2020, ou versão mais recente no iPhone. No sistema do Google, a versão mínima permanece o Android 4.1, de 2012.

Não está claro se a incompatibilidade fará o app parar de funcionar em dispositivos antigos, mas é provável que isso aconteça. Sendo assim, é bom buscar soluções para o problema antes que a data limite chegue.

Por que o suporte acaba?

Ao encerrar o suporte para sistemas operacionais antigos, o WhatsApp ganha espaço para implementar funções novas no app. É possível que a estrutura dessas edições não tenham recursos necessários para a implementação de novidades em desenvolvimento.

O <a class="link " href="https://canaltech.com.br/produto/apple/iphone-5s/" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:iPhone 5s">iPhone 5s</a> é um dos dispositivos mais antigos que podem atualizar para o iOS 12 e manter suporte ao WhatsApp (Imagem: Canaltech)
O iPhone 5s é um dos dispositivos mais antigos que podem atualizar para o iOS 12 e manter suporte ao WhatsApp (Imagem: Canaltech)

Os usuários que ainda possuem modelos como o iPhone 5 e 5c devem ser notificados com mais recorrência ao longo dos próximos dias.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: