Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,99 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    55.100,55
    +817,84 (+1,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,82 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,04 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3485
    +0,1103 (+1,77%)
     

WhatsApp terá novo recurso de grupos estilo Discord e Telegram

·2 min de leitura

A briga entre os apps de bate-papo é por entregar a maior quantidade de recursos úteis para tentar atrair o usuário interessado neles. Por isso, é bem comum ver cópias de funcionalidades bem-sucedidas de um programa ser replicado para outros, como faz o WhatsApp agora. A plataforma quer introduzir um recurso bem popular em quase todas as plataformas sociais para seus fãs: as Comunidades.

Essa novidade havia sido identificada há cerca de um mês, como uma espécie de grupos aprimorados, mas agora chegam mais novidades que revelam como será o funcionamento. Novas capturas de tela divulgadas pelo site WABetaInfo revelam um recurso bastante completo para ofertar aos administradores mais controle sobre os grupos e a possibilidade de criar subgrupos, algo como os canais em servidores do Discord ou dos canais dos grupos do Telegram.

Por enquanto, as Comunidades são subgrupos dentro dos grupos (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Por enquanto, as Comunidades são subgrupos dentro dos grupos (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Os responsáveis por grupos poderão convidar pessoas para ingressar nas comunidades por intermédio de um link de convite ou a partir de um QR Code digitalizado com a câmera do celular. Assim que entrar nesses subgrupos, o usuário poderá ou não conseguir mensagens instantaneamente, a depender das configurações implementadas para aquela comunidade.

Tal qual ocorre nos grupos, toda a troca de mensagens e arquivos nas comunidades serão criptografados de ponta a ponta para aumentar a segurança. Haverá também um ícone diferente e, possivelmente, um layout próprio (embora ainda não esteja habilitado) para garantir a correta identificação de qual lugar o usuário está, além de funcionalidades exclusivas, que ainda não estão muito claras por estar em fase de criação.

Você poderá convidar pessoas para comunidades por link ou QR Code (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Você poderá convidar pessoas para comunidades por link ou QR Code (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Mais organização

As Comunidades devem ser uma adição bem útil para grupos grandes do WhatsApp, porque devem ajudar a organizar melhor as discussões por tópicos específicos. Será preciso explicar ao usuário como esse funcionamento ocorrerá, afinal a maioria não estará acostumada ao novo formato, mas a expectativa é de muita positividade.

Na semana passada, o WhatsApp começou a trabalhar em um recurso para tornar mais clara a diferença entre perfis pessoais e comerciais. A versão para desktop tem ganhado aprimoramentos para tornar a experiência para similar aos celulares, como um canal beta próprio para atualizações experimentais e a possibilidade de gerenciar o perfil pelo computador, sem precisar de um celular vinculado ao número.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos