Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.785,25
    -1.654,21 (-2,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

WhatsApp também deve receber vídeos do Reels do Instagram

Igor Almenara
·2 minuto de leitura

Aparentemente, o Facebook não será a única nova casa para os Reels do Instagram. De acordo com uma publicação no Twitter do site WABetaInfo, o WhatsApp poderia receber os pequenos vídeos gravados na vertical em alguma atualização futura, mas sua integração estaria sendo discutida internamente.

Não há previsão de datas para o lançamento do Reels no WhatsApp, tampouco se sabe como tal recurso se comportaria no mensageiro para se adaptar à proposta do app. Contudo, a julgar pela forma com que o Stories foi introduzido no "Zap", o Reels poderia aproveitar a integração com o Instagram para implementar um feed único entre os aplicativos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Quanto mais, melhor

Os Reels fazem sucesso no Instagram, mesmo que o chefão da rede social tenha admitido que “o TikTok está bem à frente”. Para tentar impulsionar a sua popularidade, o Facebook parece repetir o que fez com os Stories q querer levar o formato para todas as suas aplicações e redes sociais.

Quando as postagens que somem depois de 24 horas ganharam projeção no Snapchat, o Facebook não demorou para introduzir ferramentas idênticas nas suas redes sociais — os Stories. Primeiro, a novidade chegou no Instagram, mas logo recebeu réplicas no Facebook e no próprio WhatsApp.

No mensageiro, os Stories se chamam Status e ganharam uma aba exclusiva — inserida entre as chamadas e as conversas. A proliferação do formato, portanto, definiu a estratégia do Facebook para essas novidades do momento: quanto mais, melhor.

Por isso, considerando a presença do Reels no Facebook, não seria estranho se os vídeos na vertical também não fossem disponibilizados no WhatsApp.

Mais vale ficar em evidência

A integração com Reels rendeu comentários negativos já na publicação do WABetaInfo, e não é difícil pontuar outros recursos ausentes no WhatsApp que seriam mais relevantes que a adição de novos formatos de vídeo.

Ainda não há uma distribuição para iPads ou a possibilidade de usar mesma conta em vários dispositivos simultâneos, por exemplo. Além disso, há pouco o app para desktop recebeu suas respectivas videochamadas e ligações, mesmo sendo esta uma demanda antiga.

Além disso, é válido ressaltar que o WhatsApp encara um momento turbulento em termos de popularidade devido à recepção negativa das suas políticas de privacidade. Ao sugerir que os dados dos usuários fossem compartilhados com parceiros do Facebook para “aprimorar o direcionamento de anúncios”, a confiabilidade do mensageiro diminuiu significativamente e provocou um crescimento notório de apps alternativos — como o Telegram e Signal.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: