Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.719,07
    -737,30 (-1,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

WhatsApp prepara função básica de privacidade para rodar em vários dispositivos

·1 minuto de leitura

Não é segredo que o WhatsApp já testa a opção de funcionar em múltiplos dispositivos — computador, tablet e celular, tudo ao mesmo tempo. A ferramenta muda a dinâmica do mensageiro, já que o aparelho principal não é mais necessário para encaminhar mensagens e, por isso, recursos antigos e conhecidos precisam ser repensados, como parece ser o caso da função “excluir conversa”.

Quando uma mesma conta é ativada em múltiplos dispositivos de quem já testa a funcionalidade, deletar um chat só surte efeito na memória daquele aparelho específico. Para que uma conversa suma de vez, o usuário deve se lembrar de apagar a conversa em todas as instâncias do WhatsApp associadas à sua conta, um processo pouco intuitivo e contraproducente.

Apagar uma conversa no celular também afetaria a mensagem que está salva no PC (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Apagar uma conversa no celular também afetaria a mensagem que está salva no PC (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Aí é que vem a novidade: o “Delete chat” (“excluir conversa”, em português) é uma solução para esse problema. Na prática, o que a ferramenta faz é basicamente limpar aquela conversa em todos os dispositivos vinculados à conta ao mesmo tempo, poupando o usuário do processo manual de apagar em cada plataforma.

O recurso foi encontrado pelo site WABetaInfo, que vasculhou o aplicativo e o encontrou ainda em desenvolvimento e indisponível até para testadores do WhatsApp Beta. Por enquanto, não há previsão de lançamento.

O suporte a múltiplos dispositivos no WhatsApp é uma de suas funções mais aguardadas e será um alento principalmente para administradores de contas comerciais. Até agora, porém, não se sabe quando a ferramenta será lançada para o público geral e sua disponibilidade segue limitada aos testadores oficiais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos