Mercado abrirá em 3 h 58 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,85
    +1,28 (+1,17%)
     
  • OURO

    1.828,50
    +3,70 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    21.087,28
    -366,91 (-1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,18
    -1,62 (-0,35%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.320,42
    +62,10 (+0,86%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.098,50
    +58,00 (+0,48%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5345
    -0,0096 (-0,17%)
     

WhatsApp pode criar barreira de entrada em grupos

O WhatsApp pode permitir que administradores definam quem pode ou não entrar em um grupo de forma mais controlada. O recurso adicionaria uma nova maneira de limitar o acesso aos chats até para quem possui um link de convite. Essa seria uma solução para barrar a entrada de gente indesejada, sem precisar expulsá-la no grupo ou tomar outro tipo de medida desconfortável.

O objetivo é facilitar a gestão de grupos, em um modelo misto entre salas públicas e privadas. Segundo o site especializado WABetaInfo, que identificou a mudança, os administradores precisariam aprovar a entrada das pessoas, mesmo se elas vierem por link de convite — um aviso será enviado para quem gerencia o grupo.

Um aviso aparecerá no chat para comunicar a todos sobre a mudança nas configurações do grupo (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Um aviso aparecerá no chat para comunicar a todos sobre a mudança nas configurações do grupo (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Será um recurso opcional que precisará ser ativado manualmente pelo gestor. Dessa forma, será possível fazer a filtragem prévia antes de algum desconhecido ingressar no grupo. É claro que tal ferramenta não fará muita diferença para grupos pequenos ou estáticos, mas pode ser importante em salas com muitos integrantes ou voltadas para algum projeto secreto no trabalho.

A novidade está sendo chamada de "group membership approval" (aprovação de filiação a grupos, em tradução livre) e será posicionada nas configurações do grupo. Se o recurso for ativado, o WhatsApp enviará uma notificação no bate-papo para comunicar a todos sobre a mudança.

Novos emojis para as Comunidades

O programa também lançará seis novos emojis de gênero neutro com variações nos tons de pele. Essas imagens terão barbas coloridas que combinarão com a cor dos cabelos. O objetivo é trazer mais opções para gerar identificação e promover a diversidade no Zap.

Emojis de gênero neutro devem trazer mais opções de representatividade nos grupos de WhatsApp (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Emojis de gênero neutro devem trazer mais opções de representatividade nos grupos de WhatsApp (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Ambas as novidades devem chegar para fortalecer o recurso de Comunidades do WhatsApp. Trata-se de uma funcionalidade muito aguardada que deverá permitir a gestão de grupos maiores — com até 512 integrantes — em um modelo que lembra os canais do Telegram. As reações foram outra novidade introduzida para reduzir a poluição visual nestes "chats mais bombados".

Não há previsão de quando a solicitação de entrada nos grupos e os emojis de gênero neutro chegarão ao mensageiro mais popular do mundo. Tudo ainda está em fase de desenvolvimento e pode sofrer alteração até o lançamento oficial pelo WhatsApp.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos