Mercado fechará em 6 h 41 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,61
    +3,46 (+5,08%)
     
  • OURO

    1.795,30
    +7,20 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    57.107,54
    +2.527,15 (+4,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.428,87
    -26,54 (-1,82%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.119,37
    +75,34 (+1,07%)
     
  • HANG SENG

    23.852,24
    -228,28 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    28.283,92
    -467,70 (-1,63%)
     
  • NASDAQ

    16.194,25
    +143,25 (+0,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3170
    -0,0315 (-0,50%)
     

WhatsApp para Desktop finalmente vai ganhar ajustes básicos de privacidade

·1 min de leitura

Desde que o WhatsApp introduziu a conexão em múltiplos dispositivos, o aplicativo do mensageiro para desktop começou a ficar mais independente e passou a ter até um canal Beta próprio. Nesta quinta-feira (28), foi descoberto que o programa finalmente terá controle sobre as opções de privacidade — recurso que, até então, estava disponível somente no celular.

A função ainda está sendo desenvolvida discretamente pelo WhatsApp, pelo que indica o site WABetaInfo. A presença do recurso por si só já é a novidade, mas as funções que ele contém não apresentam nada que os usuários já não estejam familiarizados no app mobile.

As opções de privacidade, além de reforçadas no desktop, correspondem às opções presentes no celular (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
As opções de privacidade, além de reforçadas no desktop, correspondem às opções presentes no celular (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

A partir do menu de privacidade, o administrador da conta pode gerenciar o “visto por último”, a visibilidade de foto de perfil e recado, a confirmação de leitura e os contatos bloqueados.

Provavelmente, as configurações serão sincronizadas entre dispositivos — afinal, ajustes inconsistentes não fariam sentido no mensageiro. Contudo, até agora não há confirmação dessa função.

Por enquanto, não há previsão para o lançamento da ferramenta nem nos canais de teste, então o público geral que usa o WhatsApp no desktop vai precisar esperar um bom tempo até experimentá-la. É bem provável que os testadores sejam os primeiros a receber o recurso, então fique atento às atualizações se você for um deles.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos