Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,10
    +0,09 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.929,70
    -12,90 (-0,66%)
     
  • BTC-USD

    23.044,70
    -2,70 (-0,01%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,89
    -3,30 (-0,63%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    +16,24 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    22.566,78
    +522,13 (+2,37%)
     
  • NIKKEI

    27.362,75
    -32,26 (-0,12%)
     
  • NASDAQ

    12.060,50
    +187,25 (+1,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5197
    -0,0191 (-0,34%)
     

WhatsApp libera uso de proxy para combater censura na Internet

O WhatsApp começou a permitir que os usuários usem servidores proxy para burlar problemas de infraestrutura na internet ou governos autoritários. A partir desta quinta-feira (5), uma nova opção nas configurações do mensageiro poderá ser ativada para usar o redirecionamento da conexão.

O mensageiro ressalta que a ferramenta deve ser usada com cautela, pois o endereço de IP pode ser visível para o provedor de proxy, que não é o WhatsApp. Ative somente se tiver algum problema de conectividade ou se for uma pessoa politicamente perseguida.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Nosso desejo para 2023 é que esses desligamentos da internet nunca ocorram. Interrupções como as que vimos no Irã por meses a fio negam os direitos humanos das pessoas e impedem que as pessoas recebam ajuda urgente", disse o WhatsApp.

O programa criou uma página específica para ensinar as pessoas a criarem seus próprios servidores privados, no intuito de ajudar familiares, amigos ou colegas de trabalho com a internet bloqueada. Para a conexão ao WhatsApp funcionar, o proxy deve estar configurado para a porta 80, 443 ou 5222 e um domínio (ou subdomínio) que indique o endereço IP do servidor.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O que é proxy no WhatsApp?

Proxy funciona como uma VPN, porém de modo mais limitado, possibilitando a conexão aos servidores por rotas diferentes. É uma ferramenta fundamental para quem mora em locais onde a internet é controlada pelas autoridades, mas também pode ser usada para otimizar a conexão, já que os dados trafegam por caminhos "menos congestionados".

Como de costume, o WhatsApp reforçou que todas as informações trafegadas, inclusive mídias e status, seguirão protegidas por criptografia de ponta a ponta. Somente a pessoa que enviou e o destinatário podem ter acesso aos conteúdos — se alguém tentar interceptar verá apenas dados bagunçados. Nem mesmo a Meta ou os desenvolvedores do programa conseguirão visualizar as mensagens trocadas.

O recurso já está disponível no WhatsApp para iOS e para Android. É necessário ativar a opção nas configurações do aplicativo, pois isso modificará a rota para se conectar ao serviço de mensagens.

Como ativar o proxy no WhatsApp?

O proxy vai permitir a conexão entre pessoas no WhatsApp, mesmo se estiverem em locais onde os governos bloqueiam o uso do app (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)
O proxy vai permitir a conexão entre pessoas no WhatsApp, mesmo se estiverem em locais onde os governos bloqueiam o uso do app (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

Para se conectar através de um proxy no Zap, você deve seguir o passo a passo:

  1. Toque no menu de opções do WhatsApp (três pontos no Android, ícone de roldana no iOS);

  2. Escolha "Configurações", no Android — no iOS você já está no local certo;

  3. Procure na tela por "Armazenamento e dados";

  4. Desça novamente para visualizar a opção "Configurações do servidor proxy";

  5. Ali você verá um interruptor para ligar;

  6. Faça isso e digite o endereço do servidor desejado.

Como já mencionado, o WhatsApp não fornece um número de servidor proxy, por isso fica a critério do usuário encontrá-lo. Lembre-se de só usar servidores seguros para evitar uma exposição indevida.

Em agosto de 2022, o mensageiro emitiu uma declaração na qual disse que não quebrará criptografia de chats a pedido de governos. O diretor do WhatsApp, Will Cathcart, disse que a empresa seria “muito tola” ao abaixar a guarda do app, mesmo para casos de investigação de criminosos.

O aplicativo reforça sempre a eficácia do seu mecanismo de proteção, como forma de evitar a perseguição e invasão de privacidade. A página de segurança do programa ressalta o funcionamento pormenorizado da criptografia de ponta a ponta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: