Mercado fechará em 5 h 57 min

WhatsApp fica mais perto de lançar reações com emojis; veja como vai funcionar

·2 min de leitura

Aparentemente, as reações por emoji do WhatsApp continuam em construção. Nesta quinta-feira (25), o WABetaInfo descobriu que a função terá um painel em que serão catalogadas os tipos, quantidades e autores de cada interação com figurinha.

Já era esperado que uma ferramenta como essa fosse acompanhar as reações do WhatsApp, considerando que o recurso também poderá ser usado em grupos. Como mostra a captura de tela, cada reação será separada em categorias que reunirão as participações de usuários. Na seção “Todos”, todas as interações por emojis (e seus autores) serão listadas.

Painel exibirá tipo, quantidade e autor de cada reação nas mensagens (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
Painel exibirá tipo, quantidade e autor de cada reação nas mensagens (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Mandou uma mensagem e quer conferir quem reagiu com uma carinha de raiva? Basta abrir o painel para conferir a autoria da reação. Essa função será especialmente útil em grupos maiores, mas ela também tem suas aplicações para as conversas privadas — como sinalizar que entendeu o recado com um "joinha" em cada mensagem, em vez de enviar a figurinha como resposta.

As reações do WhatsApp, assim como o recurso encontrado hoje, ainda estão indisponíveis, até mesmo para os usuários da versão beta do mensageiro. O WABetaInfo destaca que a ferramenta está em desenvolvimento e, por isso, pode mudar bastante até ela ser finalmente liberada.

Segundo o site, cada usuário poderá reagir com um único emoji e cada mensagem poderá acumular até seis tipos de figurinhas diferentes. O limite pode mudar com o tempo, logicamente, mas só o tempo dirá se essa será uma das características do mecanismo.

Por enquanto, o painel de reações foi encontrado somente no aplicativo para iOS, mas é bastante provável que ele também esteja em construção para o WhatsApp para Android, desktop e web. Não existe previsão para a liberação do recurso para ninguém, nem mesmo testadores.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos