Mercado abrirá em 15 mins
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,59
    +0,74 (+1,02%)
     
  • OURO

    1.780,30
    +2,90 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    34.016,28
    +2.401,55 (+7,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    813,96
    +19,63 (+2,47%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.123,92
    +33,91 (+0,48%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.263,75
    +5,50 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9171
    -0,0027 (-0,05%)
     

WhatsApp desiste de limitar recursos para quem não aceitar nova política

·2 minuto de leitura
WhatsApp desiste de limitar recursos para quem não aceitar nova política
WhatsApp desiste de limitar recursos para quem não aceitar nova política

O WhatsApp confirmou ao site Tilt, do UOL, que não irá mais limitar as funções do aplicativo para quem não aceitar sua nova (e polêmica) Política de Privacidade. As diretrizes passaram a funcionar no dia 15 de maio e a decisão veio após conversas com algumas autoridades governamentais.

“Dada a recente discussão com diversas autoridades e especialistas em privacidade, o WhatsApp gostaria de esclarecer que não limitará as funcionalidades do aplicativo para aqueles que ainda não aceitaram a atualização da Política de Privacidade. Ao invés disso, o WhatsApp continuará lembrando os usuários de tempos em tempos para que eles aceitem a atualização, incluindo quando as pessoas escolhem usar determinadas funcionalidades opcionais, como se comunicar no WhatsApp com uma empresa que esteja recebendo suporte do Facebook”, explicou a empresa ao site.

A plataforma ainda acrescentou que “a maioria dos usuários já viram a atualização e já a aceitaram.”

WhatsApp desiste de limitar recursos para quem não aceitar nova política. Imagem: Shutterstock
WhatsApp desiste de limitar recursos para quem não aceitar nova política. Imagem: Shutterstock

Leia mais!

A polêmica nova Política de Privacidade

A nova Política de Privacidade do WhatsApp permite que a rede compartilhe informações com o Facebook, principalmente as relacionadas às contas Business. Segundo a empresa de Mark Zuckerberg, a mudança não altera a segurança no app, devido a comunicação criptografada da plataforma, que continua inalterada.

Entretanto, no Brasil, órgãos do governo recomendaram o adiamento da nova política e, em outros países, como a Índia, autoridades pediram que o WhatsApp voltasse atrás na decisão, pois os novos termos infringiam as leis do país.

Diante da pressão, anteriormente, o WhatsApp havia dito em comunicado que “nenhuma conta será excluída em 15 de maio por causa dessa atualização. Faremos o acompanhamento com lembretes às pessoas nas próximas semanas”, porém, os usuários não poderiam usar alguns recursos do aplicativo até que aceitassem a atualização. Agora, apenas os lembretes continuam valendo.

Fonte: UOL

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos