Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,32
    +0,18 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.890,80
    +6,00 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    23.302,92
    +470,76 (+2,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    538,20
    +12,24 (+2,33%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.370,77
    +72,07 (+0,34%)
     
  • NIKKEI

    27.491,24
    -194,23 (-0,70%)
     
  • NASDAQ

    12.772,50
    -4,25 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5755
    -0,0016 (-0,03%)
     

WhatsApp dá mais pistas sobre nova opção de transferência de chats no Android

O WhatsApp dá mais um passo no desenvolvimento da ferramenta de transferência de chats entre celulares Android, revelou o site WABetaInfo. Na versão 2.23.2.7 do mensageiro, disponível exclusivamente para testadores, duas telas relacionadas ao recurso foram encontradas em preparação.

A transferência de chats entre celulares Android virou notícia no começo de janeiro, quando um botão para ativação da função foi encontrada em desenvolvimento na versão experimental do app. Naquele momento, havia poucas informações relacionadas ao assunto, mas a descoberta recente deu ainda mais pistas sobre como vai funcionar a migração de histórico.

A transferência de chats entre dispositivos Android pode ser uma alternativa à migração pelo Google Drive (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)
A transferência de chats entre dispositivos Android pode ser uma alternativa à migração pelo Google Drive (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Segundo apurou o site WABetaInfo, a função exigirá que os dois dispositivos (o de origem e o destinatário) estejam ligados e conectados ao WhatsApp ao mesmo tempo. Para iniciar a migração, o usuário deverá ativar a função no celular secundário e escanear o QR Code exibido com o dispositivo principal para fazer o pareamento.

Detalhes seguem pendentes

Não se sabe como a transferência será feita, mas é provável que seja direta e sem fio (talvez usando a rede local). A função não deve substituir a migração de histórico de conversas pelo Google Drive, mas servir como uma alternativa mais rápida para quem troca de aparelho.

Até agora, não há informações concretas sobre a funcionalidade, tampouco se sabe o motivo sobre seu desenvolvimento. Quando a opção foi revelada, surgiu a suspeita de que seria uma preparação de terreno para o fim do backup ilimitado do Google Drive (ainda não confirmado).

Por agora, porém, resta apenas aguardar. Na versão mais recente do aplicativo, nem mesmo testadores podem experimentar a transferência entre dispositivos e, por se tratar de uma adição importante, a plataforma deve anunciar a função para o público quando ela estiver disponível.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: