Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.140,64
    -1.932,91 (-1,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.874,91
    -1.144,00 (-2,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,08
    +0,20 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.931,30
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.580,49
    -485,96 (-2,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    537,77
    -7,54 (-1,38%)
     
  • S&P500

    4.179,76
    +60,55 (+1,47%)
     
  • DOW JONES

    34.053,94
    -39,02 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.820,16
    +59,05 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    21.958,36
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.560,70
    +158,65 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    12.671,25
    -175,50 (-1,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4828
    -0,0069 (-0,13%)
     

WhatsApp vai possibilitar que usuário fique offline e deixe grupos ‘de fininho’

Recursos estão sendo disponibilizados aos poucos (Getty Image)
Recursos estão sendo disponibilizados aos poucos (Getty Image)
  • WhatsApp vai disponibilizar funções voltadas para a privacidade

  • O primeiro recurso foi lançado hoje na plataforma

  • O bloqueio das capturas de tela ainda está em fase de testes

Finalmente o WhatsApp vai atender a demandas antigas do usuário. O aplicativo de mensagem da Meta anunciou três novas atualizações voltadas para a privacidade de quem utiliza a plataforma.

Com a mudança, será possível escolher quem poderá visualizar o status online, além de sair de grupos indesejados sem notificar os participantes. Outro recurso importante é a possibilidade de bloquear capturas de tela para mensagens de visualização única.

O primeiro recurso a ser disponibilizado aos brasileiros é a possibilidade de deixar grupos sem alarde. Antes da atualização, implementada nesta terça-feira (8), todos os participantes eram avisados que alguém deixava o grupo. Com a mudança, apenas os administradores receberão a notificação da saída.

Já o bloqueio das capturas de tela ainda está em fase de testes e não tem data para ser disponibilizado. Para quem quiser mudar a visualização de status online, a Meta anunciou que, até o fim deste mês de agosto, deverá disponibilizar o recurso.

"Ao longo dos anos, adicionamos camadas de proteção interligadas para ajudar a manter suas conversas seguras, e os novos recursos são uma maneira de continuarmos fiéis ao compromisso de manter a privacidade de todas as mensagens (...). Acreditamos que o WhatsApp é o lugar mais seguro para ter uma conversa privada", informou Ami Vora, vice-presidente de Produto do WhatsApp.

De acordo com a representante da empresa, a ideia é focar em aumentar o controle do usuário sobre as mensagens, garantindo mais segurança e privacidade na plataforma.