Mercado abrirá em 2 h 45 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,21
    +1,64 (+1,50%)
     
  • OURO

    1.826,30
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    21.054,41
    -366,48 (-1,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,62
    -2,18 (-0,47%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.340,07
    +81,75 (+1,13%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.084,50
    +44,00 (+0,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5448
    +0,0007 (+0,01%)
     

WhatsApp testa verificação dupla para impedir golpes e roubos de contas

Objetivo é fazer com que o usuário do WhatsApp perceba que alguém está tentando acessar sua conta
Objetivo é fazer com que o usuário do WhatsApp perceba que alguém está tentando acessar sua conta

(Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

  • WhatsApp testa verificação em duas etapas para aumentar segurança dentro do app;

  • Recurso deve incluir a necessidade de inserir um segundo código no momento do login;

  • Atualmente, criminosos conseguem o único código necessário com as vítimas e roubam suas contas.

O WhatsApp está testando um novo tipo de verificação em duas etapas para aumentar a segurança dentro do aplicativo e impedir a ocorrência de golpes. A ideia é repetir as etapas de login, de forma que o usuário perceba que estão tentando acessar sua conta.

Atualmente, uma das formas mais comuns que criminosos usam para roubar o acesso do WhatsApp de suas vítimas é solicitar o código que elas receberam por SMS. Esse código permite que a pessoa realize o login em contas sem autenticação em dois fatores – aquela proteção extra com senha de seis dígitos que pode ser ativada nas configurações do app. As vítimas geralmente informam esse número ao serem enganadas, já que os criminosos se passam por outras pessoas, como gerentes de bancos, planos de saúde, entre outros.

A ideia do WhatsApp é justamente dificultar que isso aconteça da seguinte forma: após a pessoa digitar o código para fazer o login, o app dará um alerta, avisando que alguém está tentando acessar a conta. Para confirmar o login, outro código será enviado por SMS.

A informação foi obtida pelo site especializado WABetaInfo. Conforme publicado, haverá um intervalo entre o envio do primeiro e segundo código. "Para segurança extra, você deve esperar o fim do timer para poder enviar o código. Quando você o receber, digite-o aqui", diz o pop-up.

O objetivo é fazer com que o usuário perceba, caso tenha informado o código a outra pessoa, que tudo não passa de um golpe para acessar sua conta. Entretanto, o recurso está em desenvolvimento e não chegou nem mesmo à versão beta (de testes) do aplicativo. Ainda não há projeções sobre quando será oficialmente lançado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos