Mercado abrirá em 4 h 51 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,52
    +0,22 (+0,30%)
     
  • OURO

    1.782,70
    +6,00 (+0,34%)
     
  • BTC-USD

    34.119,46
    +1.168,85 (+3,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    819,41
    +32,80 (+4,17%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.118,97
    +9,00 (+0,13%)
     
  • HANG SENG

    29.283,99
    +401,53 (+1,39%)
     
  • NIKKEI

    29.066,18
    +190,95 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    14.359,75
    +5,50 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8696
    +0,0073 (+0,12%)
     

WhatsApp desiste de limitar quem não aceitar novos termos

·1 minuto de leitura
Men pose with smartphones in front of displayed Whatsapp logo in this illustration September 14, 2017. REUTERS/Dado Ruvic

O WhatsApp informou que não vai mais limitar as contas de quem não aceitar os termos da nova política de privacidade do aplicativo.

Em maio, o app de conversas avisou que enviaria lembretes insistentes aos usuários que não concordassem com as mudanças, no entanto, essa medida foi descartada até segunda ordem.

Leia também:

Em seu site oficial, o WhatsApp declarou que "nenhuma conta será apagada e ninguém perderá acesso aos recursos do WhatsApp por causa dessa atualização". Destacou ainda que a maioria dos usuários já aceitou a atualização.

Aos que ainda não aceitaram, “haverá oportunidades de fazê-lo diretamente no app, como ao registrar-se novamente no WhatsApp ou ao usar pela primeira vez um recurso relacionado a essa atualização", ressalta o app.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos