Mercado abrirá em 5 h 7 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,20
    +0,75 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.742,40
    -9,60 (-0,55%)
     
  • BTC-USD

    41.738,34
    -2.071,68 (-4,73%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.034,52
    -67,00 (-6,08%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.037,30
    -26,10 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    24.514,28
    +305,50 (+1,26%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    15.023,25
    -171,50 (-1,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2839
    -0,0229 (-0,36%)
     

Western Digital apresenta tecnologia OptiNAND de arquitetura de armazenamento

·2 minuto de leitura

A Western Digital, companhia americana especializada em dispositivos de armazenamento, lançou na última terça-feira (31) a tecnologia OptiNAND, em evento realizado de forma online nas plataformas da empresa. A novidade consiste na otimização para HDDs do já conhecido sistema iNAND incorporado nas unidades flash, o que pretende oferecer maior eficiência, segurança e volume, segundo a marca.

Alguns destaques da tecnologia OptiNAND incluem uma melhoria na capacidade das unidades de disco, com algoritmos de firmware aprimorados com os metadados transferidos para o iNAND, o que permite mais trilhas por polegada (TPI) e consequentemente mais armazenamento disponível em cada unidade.

Além disso, a performance pode ser aprimorada com otimizações no firmware que exigirão menos atualizações de interferência de trilha adjacente (ATI), aumentando a velocidade dos processos. A nova tecnologia também reduz a necessidade de liberação de cache de gravação, no modo habilitado para isso.

A confiabilidade de dispositivos com a nova arquitetura OptiNAND também é aumentada, com quase 50 vezes mais dados retidos em caso de desligamentos de emergência (EPO).

OptiNAND se junta a outras tecnologias da Western Digital (Imagem: Reprodução/Western Digital)
OptiNAND se junta a outras tecnologias da Western Digital (Imagem: Reprodução/Western Digital)

A solução pode atender às necessidades de diversos órgãos, como empresas de vigilância inteligente por vídeo, nuvem em hiperescala, CSPs e fornecedores em geral. Segundo Ed Burns, diretor de pesquisa para discos rígidos, a nova arquitetura representará uma evolução de armazenamento para o mercado, que por sua vez exigirá muito mais dessa área, especialmente com o crescimento da Inteligência Artificial, Machine Learning, blockchain, Internet das Coisas, entre outras tecnologias.

A arquitetura OptiNAND se junta a outras inovações da Western Digital, como a tecnologia HelioSeal, que fecha hermeticamente os HDs e substitui o ar oxigênio interno por gás hélio, o que diminui a densidade do compartimento e diminui níveis de vibração, aprimorando a eficiência e confiabilidade. Outro recurso apresentado anteriormente nos produtos da marca é a tecnologia ePMR, que aplica uma corrente elétrica adicional na ponta do braço de leitura do disco rígido, aumentando a precisão dos dados armazenados.

A Western Digital afirma que alguns clientes selecionados já receberam novos discos de 20 TB com flash ePMR e tecnologia OptiNAND. A nova arquitetura estará disponível nos próximos dispositivos de armazenamento da marca, com alguns novos produtos sendo anunciados ainda em 2021.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos