Mercado abrirá em 8 h 58 min
  • BOVESPA

    121.632,92
    -168,08 (-0,14%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.134,93
    -60,47 (-0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,17
    +0,08 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.803,50
    -5,40 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    40.275,97
    +842,95 (+2,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,55
    +16,65 (+1,71%)
     
  • S&P500

    4.429,10
    +26,44 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    35.064,25
    +271,55 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.200,90
    -3,79 (-0,01%)
     
  • NIKKEI

    27.817,76
    +89,66 (+0,32%)
     
  • NASDAQ

    15.164,50
    -3,25 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2057
    -0,0025 (-0,04%)
     

Wayra, hub de inovação da Vivo, abre desafio para startups de segurança digital

·1 minuto de leitura

A Wayra, hub de inovação aberta da Vivo, está em busca de startups interessadas em participar de desafios. As áreas contempladas são todas do segmento de segurança da informação: autenticação de imagens e documentos, atendimento seguro no WhatsApp, reconhecimento de voz para televendas, gestão de plataforma antifraude, gestão de rede, compliance de scripts, e detecção de configurações maliciosas em modems e roteadores.

A ideia do projeto é que essas empresas criem soluções tecnológicas capazes de aprimorar os processos e a eficiência da Vivo. “Neste desafio, o foco são soluções de segurança. Esse tema é cada vez mais relevante e presente no dia a dia”, destaca Livia Brando, Country Manager da Wayra Brasil.

Imagem: Reprodução/Elements/twenty20photos
Imagem: Reprodução/Elements/twenty20photos

Rodrigo Gruner, diretor de Inovação e Serviços Digitais da Vivo, conta que a Vivo tem investido na formação de equipes especializadas e em processos e sistemas relacionados a segurança digital. “Para evoluir nos modelos de prevenção a fraude e garantir mais segurança para os clientes, buscamos negócios que possam colaborar com a Vivo nessa área.”

E vale lembrar que, para 2021, o Gartner prevê aumento de 12,4% nos gastos mundiais com tecnologia, segurança da informação e serviços de gerenciamento de risco. A estimativa é que sejam movimentados cerca de US$ 150,4 bilhões. Para participar, as startups interessadas devem se inscrever até 11 de julho. O link é este.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos