Mercado fechará em 1 h 11 min
  • BOVESPA

    113.468,86
    +436,88 (+0,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.690,73
    +52,37 (+0,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,11
    -3,30 (-3,69%)
     
  • OURO

    1.790,20
    -7,90 (-0,44%)
     
  • BTC-USD

    23.819,83
    -283,35 (-1,18%)
     
  • CMC Crypto 200

    566,06
    -5,86 (-1,02%)
     
  • S&P500

    4.290,98
    -6,16 (-0,14%)
     
  • DOW JONES

    34.059,70
    +147,26 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,34 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.634,50
    -46,75 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2298
    +0,0513 (+0,99%)
     

Washington Reis promete reformas e novo aparelho no Adão Pereira Nunes

·1 min de leitura

A Prefeitura de Caxias anunciou, ontem, a municipalização do Hospital Adão Pereira Nunes, que estava sob gestão do Governo do Estado. O anúncio foi feito em agenda do prefeito Washington Reis com o governador Cláudio Castro.

Sem justificar o motivo da municipalização, o governador Cláudio Castro negou que tenha sido um acordo político entre ele e o prefeito de Duque de Caxias:

— Essa é mais uma das municipalizações. A gente entende que é um equipamento muito querido, mas que o papel do Estado é de ser o provedor de recursos. Isso aqui não tem questão política. É uma questão de política pública, a gente entende que o melhor local para um equipamento desse estar é na mão do município.

O governador reiterou que acredita que o Hospital Adão Pereira Nunes vai ser “melhor gerido pelo município”. Já o prefeito Washington Reis afirmou que vai inaugurar em breve na unidade hospitalar um equipamento de ressonância magnética e anunciou que o hospital vai receber reformas.

Em outubro, o governo do estado chegou a encerrar o contrato com a OS que administrava a unidade hospitalar desde janeiro, a Mahatma Gandhi. À época, funcionários reclamaram de atraso de salários e dois CTIs foram fechados por falta de pessoal. A OS que assumiu a gestão desde então foi o Ideas. A prefeitura de Caxias já assumiu a administração do hospital anteriormente, entre julho de 2020 e janeiro deste ano, quando foi feito um acordo entre prefeitura e estado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos