Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,38
    +1,01 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.867,60
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    43.384,51
    -1.686,25 (-3,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.195,01
    -2,91 (-0,24%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.032,85
    -10,76 (-0,15%)
     
  • HANG SENG

    28.194,09
    +166,49 (+0,59%)
     
  • NIKKEI

    27.824,83
    -259,67 (-0,92%)
     
  • NASDAQ

    13.312,00
    -75,00 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4096
    +0,0056 (+0,09%)
     

Mesmo após subida das ações de companhias aéreas, Buffett segue sem interesse de retomar investimento no setor

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Berkshire Hathaway CEO Warren Buffett talks to reporters prior to the Berkshire annual meeting in Omaha, Nebraska May 2, 2015.  REUTERS/Rick Wilking
Warren Buffet, CEO da Berkshire Hathaway. Foto: REUTERS/Rick Wilking

No ano passado, Warren Buffet, CEO da Berkshire Hathaway, afirmou que o conglomerado vendeu a totalidade das ações de empresas do setor de aviação dos EUA. Neste sábado (1º), durante a reunião anual de acionistas do Berkshire Hathaway de 2021, que está sendo transmitida online para todo o mundo diretamente de Los Angeles, Buffet afirmou que segue sem interesse de possuir ações de companhias aéreas.

As ações das companhias aéreas subiram depois da venda da Berkshire e muitos críticos disseram que foi uma má jogada do “guru de Omaha”, embora as perspectivas de longo prazo para as companhias aéreas, especialmente viagens de negócios, ainda sejam instáveis.

Leia também

O governo americano forneceu apoio às companhias aéreas durante a pandemia e Buffett disse que não teve problemas com essa mudança. Ele acredita que o fato de não ser um grande acionista do setor pode ter contribuído para que o governo ajudasse as empresas.

“Uma indústria que perdeu uma quantia significativa de dinheiro, eles perderam o poder de ganhos potenciais ... as viagens internacionais não voltaram ... Eu não considero este um grande momento na história da Berkshire [venda de todas as ações]. Acho que o negócio de aviação teve um desempenho melhor porque vendemos e desejo-lhes boa sorte, mas mesmo assim não gostaria de investir na aviação”, finalizou.