Mercado abrirá em 5 h 26 min

Walmart muda de nome no Brasil e promete investir R$ 1,2 bi em reestruturação

Foto: Diego Herculano/NurPhoto via Getty Images

A varejista Walmart vai mudar de nome no Brasil. Em breve, a rede vai passar a se chamar Grupo Big, adotando a marca “BIG” nas nas regiões Sul e Sudeste e “Big Brompreço” na região Nordeste do País.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

A mudança de nome é anunciada um ano após a dona original da marca, a norte-americana Wal-Mart, vender 80% das suas operações no Brasil para o grupo de investimentos Advent.

Leia também

A mesma Advent já é dona de outras quatro marcas de hipermercados e atacarejo no Brasil: Mercadorama, Sam’s Club, Maxxi e Todo Dia. Algumas unidades do Walmart já estão sendo reformadas e mudando de nome em diversas cidades desde o início de agosto.

Com o fim da marca Walmart, a Advent pretende acirrar a concorrência com o Carrefour e com o GPA (dono de Extra e Pão de Açúcar). Para isso, a empresa prevê um investimento de R$ 1,2 bilhão nos próximos 18 meses.

O dinheiro será investido na modernização e ampliação de suas 550 lojas espalhadas por 18 estados brasileiros além do Distrito Federal. Até junho de 2020, o grupo espera reformar 100 hipermercados.

Segundo informações do Valor Econômico, acabar com a rede Walmart no Brasil tem como objetivo economizar: a empresa paga mensalmente royalties de 0,7% sobre as vendas ao Wal-Mart dos Estados Unidos só pelo uso da marca.

Já de acordo com a Exame, as operações do Walmart no Brasil não vinham bem há tempos. A empresa norte-americana tentava se desfazer da rede brasileira há pelo menos dois anos de fechar negócio com a Advent. A marca chegou a ser oferecida ao GPA.