Mercado fechará em 1 h 25 min

Walmart eleva projeção anual e anuncia recompra de ações de US$20 bi

FOTO DE ARQUIVO: Cliente em frente a uma loja do Walmart

Por Siddharth Cavale e Uday Sampath Kumar

(Reuters) - O Walmart elevou nesta terça-feira suas projeções de vendas e lucro, com a demanda por compras se mantendo apesar dos preços mais altos, enquanto descontos em roupas e eletrônicos ajudam a cortar o excesso de estoque antes da movimentada temporada das festas de fim de ano.

A empresa também anunciou um novo plano de recompra de ações de 20 bilhões de dólares, fazendo com que seus papéis subissem até 7% nas negociações da manhã, para 148,40 dólares, maior patamar em seis meses.

Os resultados do Walmart impulsionaram as ações de outras grandes varejistas, como Target, Costco e Macy's. A Target divulgará seus resultados na quarta-feira.

Em meio à persistente inflação, investidores têm olhado com nervosismo para o comportamento dos consumidores durante a crucial temporada de festas de fim de ano, quando as varejistas fazem mais de um terço de seus lucros anuais.

“Neste período de incerteza macroeconômica… estamos todos bem equipados para continuar ganhando participação de mercado em um ambiente no qual consumidores precisam fazer render ainda mais os seus dólares”, disse o CFO da empresa, John David Rainey, em conferência com investidores.

A varejista prevê que as vendas em mesmas lojas, excluindo combustível, cresçam cerca de 3% mo trimestre das festas de fim de ano nos EUA, abaixo das estimativas de um aumento de 3,4%.

Rainey disse que a previsão pressupõe um período mais promocional e que os consumidores podem desacelerar os gastos, especialmente em categorias de mercadorias em geral, devido ao aumento contínuo dos custos com alimentos.

(Por Uday Sampath em Bengaluru e Siddharth Cavale em Nova York; Reportagem adicional de Arriana Mclymore)