Mercado abrirá em 2 h 10 min

Walmart e Tesla fazem acordo sobre polêmica com painéis solares

Claudio Yuge

Em agosto deste ano, a rede Walmart havia aberto um processo contra a SolarCity, uma subsidiária da Tesla, acusando a empresa de não implementar e também não realizar adequadamente a manutenção de painéis solares que pegaram fogo em sete lojas da varejista. Agora, segundo a Suprema Corte de Nova York, ambos os lados teriam chegado a um acordo.

"A Walmart e a Tesla têm o prazer de ter resolvido os problemas levantados pela Walmart com relação às instalações solares da Tesla em suas lojas. A segurança é uma prioridade para cada empresa e, com as preocupações sendo resolvidas, ambos esperamos uma reenergização segura de nossos sistemas energéticos sustentáveis”, diz um comunicado conjunto enviado ao Engadget.

(Imagem: Reprodução/WCCFTech)

Tanto a Walmart quanto a Tesla não dão detalhes, mas, aparentemente, um programa chamado de Project Titan pode ter sido o responsável por consertar os problemas nas unidades. Quando os boatos sobre isso foram ventilados pelo Business Insider, Elon Musk havia adiantado que ambas as companhias “trabalhavam em um solução” — e parece ter funcionado, com alguma compensação financeira.

Vitória da Tesla, que busca recuperação no mercado

Como a Walmart havia originalmente pedido ao seu parceiro de energia que pagasse pela remoção dos painéis de todas as 240 lojas, isso pode ser considerado uma vitória para a Tesla, principalmente porque também evitou a perda de um cliente de grande porte.

Além disso, a notícia chega em um momento crucial para o grupo de Elon Musk. Seus negócios no setor de energia solar estão em declínio e a empresa acaba de lançar a terceira geração de seus painéis, com o objetivo de revigorar as vendas. Com o fim desse litígio, pode ser que a Tesla volte a crescer nesse segmento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: